Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
60 dias
06 mai
Próximo evento em
102 dias
20 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
130 dias
10 jun
Próximo evento em
137 dias
24 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
172 dias
29 jul
Próximo evento em
186 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
214 dias
02 set
Próximo evento em
221 dias
09 set
Próximo evento em
228 dias
23 set
Próximo evento em
242 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
249 dias
07 out
Próximo evento em
256 dias
21 out
Próximo evento em
270 dias
28 out
Próximo evento em
277 dias
05 nov
Próximo evento em
285 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
298 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
313 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
322 dias

Turquia e Jerez entram na disputa no calendário da F1 em 2020

compartilhar
comentários
Turquia e Jerez entram na disputa no calendário da F1 em 2020
Por:
, Editor

Categoria pode voltar aos dois locais que já receberam corridas antes de provas asiáticas

A Fórmula 1 pode retornar à Turquia e a Jerez de la Frontera em novembro, quando definir a última parte do calendário de 2020.

Com o GP do Vietnã prestes a ser cancelado, a F1 está para adicionar mais alguns eventos europeus ao calendário antes de terminar a temporada de 2020 no Oriente Médio em dezembro.

Leia também:

Até ao momento, 13 corridas foram confirmadas no calendário este ano, antes do GP da Emilia Romagna em Ímola em 1º de novembro.

Os organizadores da F1 estavam esperançosos de realizar alguns eventos asiáticos em novembro antes das corridas finais no Bahrein e Abu Dhabi, mas o andamento da pandemia tornou improvável que isso fosse alcançado.

Isso significa que o GP da Turquia pode ser definido para figurar no calendário da F1 pela primeira vez desde 2012, ocupando uma vaga no final de novembro.

O Istanbul Park é operado pelo grupo Intercity, que inicialmente fazia parte das negociações entre a F1 e o governo turco em 2017, quando a Liberty Media assumiu como detentora dos direitos comerciais do esporte.

O Intercity confirmou no final do mês passado que estava mais uma vez em negociações com a F1 para reviver o GP da Turquia.

Desde então, entende-se que as negociações avançaram devido às poucas chances do Vietnã, embora um acordo final ainda não tenha sido fechado.

O Istanbul Park não recebe regularmente nenhuma grande categoria, mas a pista é considerada em boas condições, com apenas alguns pequenos trabalhos necessários nas arquibancadas caso a corrida seja aberta aos fãs.

A F1 também está considerando um retorno a Jerez em outra mudança que reforçaria o calendário.

Jerez sediou pela última vez uma corrida de F1 em 1997, quando foi palco do GP da Europa de final de temporada, com a corrida de F1 mais recente ocorrendo lá em 2014, sediou os testes de pré-temporada.

Jerez recebeu uma rodada independente da Fórmula 2 em 2017 e recentemente foi palco das duas primeiras corridas da temporada de MotoGP.

Se Istanbul Park e Jerez aderirem ao cronograma para 2020, isso colocaria a F1 em um calendário de 17 corridas assim que as datas para Bahrein e Abu Dhabi forem finalizadas.

Co isso, a F1 cumpriria sua meta de realizar entre 15 e 18 corridas este ano, apesar de apenas começar a temporada em julho, como consequência da pandemia de Covid-19.

F1 2020: Hamilton voa, Verstappen no páreo e Vettel no fundo de novo

PODCAST: O que aconteceria em um duelo Hamilton X Verstappen em igualdade de condições?

 

Vettel “não consegue responder” sobre problemas com o carro da Ferrari após saída no Q2

Artigo anterior

Vettel “não consegue responder” sobre problemas com o carro da Ferrari após saída no Q2

Próximo artigo

F1: Chefe da Mercedes diz que Verstappen é o favorito para o GP da Espanha

F1: Chefe da Mercedes diz que Verstappen é o favorito para o GP da Espanha
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luke Smith