Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Veja como a Haas inspirou a mais recente tendência de asa traseira

compartilhar
comentários
Veja como a Haas inspirou a mais recente tendência de asa traseira
Por:
, Especialista
Co-autor: Matt Somerfield

Confira detalhes do desenvolvimento dos carros do grid a partir de atualizações na asa traseira

A batalha pelo desenvolvimento técnico na Fórmula 1 é frequentemente focada nas equipes que lutam pelas primeiras colocações, mas as tendências de design podem frequentemente ser inspiradas em times da parte final do grid.

O editor recomenda:

É o caso da tendência mais recente de asa traseira que cada vez mais equipes estão adotando, com a Alfa Romeo sendo a última a usar um conceito de placa final no spoiler que foi originalmente inspirado na Haas e tem sido usado por Mercedes e Red Bull.

Mercedes AMG F1 W10 rear wing detail
Ferrari SF90 rear wing detail

Em 2020, todas as equipes, exceto a Red Bull, concentraram seus esforços nesta área da placa final em um esforço para encontrar um melhor equilíbrio entre downforce e arrasto aerodinâmico.

Na maioria dos casos, o resultado foi a implantação de aberturas na superfície para separá-la e criar 'pranchas'. Número, tamanho e forma variavam dependendo de como o projetista quer 'trabalhar' a parte externa da asa traseira.

Haas F1 Team VF-19 rear wing detail
Red Bull Racing RB16 rear wing endplate

A Haas se tornou a primeira equipe a usar uma solução mais expressiva neste sentido, incorporando três 'persianas' sinuosas em vez do design de prancha vertical. Desde então, a Red Bull se inspirou, apresentando um design semelhante no GP da Estíria. Essa ideia da asa traseira tem aparecido no carro com frequência desde então, enquanto a equipe tenta se estabelecer com um pacote aerodinâmico que se adapta ao RB16 da melhor forma.

Mercedes AMG F1 W11 rear wing
Ferrari SF1000 rear wing endplate Russian GP

Enquanto isso, a Mercedes também tomou nota do design da Haas e adicionou uma seção inferior semelhante a uma cauda que começa na base da prancha mais à frente e atravessa todas as três pranchas.

Isso forma a base para as alterações posteriormente vistas na Racing Point, na Alfa Romeo e no novo design da placa final introduzido pela Ferrari, que apresenta uma solução semelhante, mas não tem a seção da cauda separada das pranchas.

Alfa Romeo Racing C39 rear end plate
Alfa Romeo Racing C39 rear old end plate

Como podemos ver nesta comparação lado a lado do Motorsport.com, o design da prancha da Alfa Romeo foi adaptado para atender aos requisitos de agora ter uma cauda no primeiro elemento.

Ferrari SF1000

(Temporada 2020)

Ferrari SF1000

Motor: Ferrari
Combustível: Shell
Pneus: Pirelli

Pilotos:

16 - Charles Leclerc

5 - Sebastian Vettel

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

CEO da F1 cita outros esportes e diz que categoria não pode usar “camisa de força” contra mudanças

PODCAST: Recordes de Hamilton e Schumacher são comparáveis?

 

.

Marko 'questiona' Vettel na Aston e foi 'contra' escolha do alemão

Artigo anterior

Marko 'questiona' Vettel na Aston e foi 'contra' escolha do alemão

Próximo artigo

Wolff acredita que F1 não promove motores híbridos “bem o suficiente”

Wolff acredita que F1 não promove motores híbridos “bem o suficiente”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Giorgio Piola