F1: Bottas se aproveita de punição a Hamilton e vence GP da Rússia

compartilhar
comentários
F1: Bottas se aproveita de punição a Hamilton e vence GP da Rússia
Por:
, Repórter

Hexacampeão tomou penalidade de 10 segundos por fazer dois testes de largada irregulares antes do início da corrida

Após largar em terceiro, Valtteri Bottas se aproveitou de punição ao companheiro Lewis Hamilton e venceu o GP da Rússia de Fórmula 1, superando o holandês Max Verstappen, da Red Bull.

O editor recomenda:

O piloto finlandês da Mercedes triunfou com tranquilidade após o parceiro britânico tomar penalidade de 10 segundos por fazer dois testes de largada irregulares antes do início da corrida. Apesar do gancho, Hamilton fez boa prova e completou o pódio em Sochi.

A quarta posição ficou com o mexicano Sergio Pérez, que teve atuação destacada com a Racing Point. O top-5 foi completado pelo australiano Daniel Ricciardo, da Renault. Repórter do Motorsport.com, Jonathan Noble informa os 10 primeiros do GP da Rússia:

 

A corrida

A largada foi marcada por acidentes de Carlos Sainz, espanhol da McLaren, e Lance Stroll, canadense da Racing Point. Com isso, o safety car foi acionado. Na frente, largada ruim de Verstappen, de modo que Bottas saltou para segundo. 

 

Com a entrada do carro de segurança, o britânico George Russell, da Williams, o tailandês Alex Albon, da Red Bull, e o inglês Lando Norris, da McLaren, foram para os boxes, colocando pneus duros. 

Na sequência, Hamilton recebeu punição dupla por fazer dois testes de largada irregulares antes do início da corrida. Assim, o piloto fez seu pit stop para colocar compostos duros e 'pagou' os 10 segundos das penalidades, voltando à pista em 11º. Bottas assumiu a ponta.

 

Com 25 das 53 completadas, Hamilton já aparecia em quinto, aproveitando-se da primeira rodada de pit stops. O russo Daniil Kvyat, da AlphaTauri, era o quarto, atrás do monegasco Charles Leclerc, da Ferrari. À frente, Bottas, na ponta, seguido por Verstappen.

No giro seguinte, Verstappen fez seu pit stop e voltou em quarto com pneus duros, atrás de Kvyat e à frente de Hamilton. Logo depois, foi a vez de Bottas parar para colocar os mesmos compostos que o rival da Red Bull. O piloto da Mercedes manteve a liderança.

Na sequência, o australiano Daniel Ricciardo foi punido com acréscimo de 5 segundos no tempo de prova por não respeitar as instruções da direção de prova após 'escapada' em ultrapassagem sobre o companheiro francês Esteban Ocon.

Na volta 29, Leclerc fez seu pit stop e voltou em sétimo, também com pneus duros. Dois giros depois, foi a vez de Kvyat fazer sua parada, substituindo os compostos duros usados desde a largada por compostos médios. O russo voltou à pista em oitavo.

Pouco depois, na volta 35, Hamilton já aparecia em terceiro, atrás de Verstappen e do líder, Bottas. O mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, era o quarto. As posições se mantiveram, para glória de Bottas.

Cla # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Abandono Pontos
1 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 53     26
2 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 53 7.729   18
3 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 53 22.729   15
4 11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 53 30.558   12
5 3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 53 52.065   10
6 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 53 1'02.186   8
7 31 France Esteban Ocon Renault Renault 53 1'08.006   6
8 26 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri Honda 53 1'08.740   4
9 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 53 1'29.766   2
10 23 Thailand Alexander Albon Red Bull Honda 53 1'37.860   1
11 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 52 1 volta    
12 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 52 1 volta    
13 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 52 1 volta    
14 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 52 1 volta    
15 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 52 1 volta    
16 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 52 1 volta    
17 8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 52 1 volta    
18 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 52 1 volta    
19 55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 0   Rodou  
20 18 Canada Lance Stroll Racing Point Mercedes 0   Colisão  

PÓDIO: Hamilton é punido e Bottas vence GP da Rússia de F1, com Verstappen em segundo; veja análise

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

.

F1: Hamilton é punido com 10 segundos por teste de largada feito antes da corrida

Artigo anterior

F1: Hamilton é punido com 10 segundos por teste de largada feito antes da corrida

Próximo artigo

Alerta ligado: Hamilton acumula 10 pontos na superlicença e fica a dois de tomar suspensão na F1

Alerta ligado: Hamilton acumula 10 pontos na superlicença e fica a dois de tomar suspensão na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Autor Carlos Costa