Últimas notícias

Verstappen: Circuitos de alta não são mais 'dolorosos' para a RBR

Piloto holandês da Red Bull destaca que a equipe não sofre mais tanto com o déficit de potência em função da melhoria da Honda

Max Verstappen, Red Bull Racing RB15

Max Verstappen acredita que a Red Bull está se afastando de performances "muito dolorosas" em pistas de alta na Fórmula 1. Segundo o piloto, o sentimento negativo da Honda em relação a esses circuitos também está desaparecendo.

O holandês venceu duas corridas com a Honda até agora em 2019, na Áustria e na Alemanha, mas também teve o ritmo para terminar no pódio na Grã-Bretanha, onde a Red Bull desfrutou de sua corrida mais competitiva em Silverstone em vários anos.

Nova fornecedora de motores da Red Bull desde o começo desta temporada, a Honda está oferecendo confiabilidade superior à Renault, que equipava o carro austríaco até o fim do ano passado.

Leia também:

Verstappen acredita que a Red Bull está progredindo "absolutamente" com sua meta de pré-temporada: conseguir vitórias em todos os tipos de circuito. "No ano passado, essas pistas de alta foram definitivamente muito dolorosas", disse ao Motorsport.com.

"Neste ano estamos perto da Mercedes. A Ferrari está, claro, voando na reta, mas eles têm menos downforce. Nós ficamos bem contra eles [Ferrari], mas às vezes eles têm essa vantagem como em Silverstone, onde eles tiveram uma pequena vantagem [nas retas]”.

"Aconteceu basicamente o mesmo em Hockenheim, foi a pista perfeita para eles. Então sabemos que ainda podemos melhorar o nosso carro. E do lado do motor, a Honda está trabalhando forte”, ponderou o holandês.

"Sabemos o que temos nas próximas corridas e tudo é muito planejado e medido, sem qualquer risco tolo. Tudo é muito estruturado e eu gosto disso. A Honda não é imprudente com modos de motor e outras coisas”.

Verstappen disse que estava "um pouco preocupado" com o GP da Grã-Bretanha, onde a Red Bull estava bem fora de ritmo em 2018, mas a equipe teve seu desempenho mais forte em relação à era do motor turbo-híbrido V6.

E embora os circuitos de Spa e Monza provavelmente se adaptem melhor ao pacote da Ferrari, a Honda - que está pensando em quando introduzir outro upgrade no motor - não está assustada.

"Não temos certeza se podemos chamar de medo, mas o sentimento negativo em relação aos circuitos de alta está cada vez menor", disse Masashi Yamamoto, diretor-executivo da Honda, ao Motorsport.com.

"Para Spa e Monza, não éramos tão ruins no ano passado. Foi muito melhor do que as nossas expectativas. A questão era como gerenciar o motor, e melhoramos muito isso depois da Áustria. Agora temos menos ‘medo’ em relação a esses circuitos”, ponderou.

O chefe da equipe da Red Bull, Christian Horner, acredita que a equipe está ficando "cada vez mais perto" de estar na briga em todos os lugares. "A Áustria demanda potência, Silverstone também e fomos competitivos em ambos", disse.

"Em Hockenheim, fomos muito competitivos na qualificação e, em seguida, o carro mais rápido na corrida. Em meio à variante de circuitos, conseguimos dar um bom passo em frente", comemorou o dirigente britânico.

Verstappen, vitorioso em grandes corridas

Em tempos de pleno domínio da Mercedes e raros lampejos da Ferrari, o piloto da Red Bull conquistou vitórias marcantes. E sempre se superou para chegar aos triunfos. São sete presenças no lugar mais alto do pódio. Na galeria especial abaixo, o Motorsport.com relembra as vitórias espetaculares do holandês. Confira:

GP da Espanha de 2016
A corrida foi a primeira de Verstappen na Red Bull. O holandês substituiu Daniil Kvyat, rebaixado para a Toro Rosso.
GP da Espanha de 2016
Na largada, Rosberg ultrapassou o pole Hamilton, que tentou retomar a liderança na sequência. O britânico, porém, errou o bote e tirou as duas Mercedes da prova.
GP da Espanha de 2016
O caminho ficou aberto para a vitória de Verstappen, que soube administrar bem a vantagem à frente.
GP da Espanha de 2016
Com o triunfo, o holandês se tornou o mais jovem vencedor da história da Fórmula 1.
GP da Espanha de 2016
Raikkonen e Vettel completaram o pódio da agitada etapa espanhola.
GP da Malásia de 2017
Verstappen herdou a posição de largada de Raikkonen, que teve problemas com sua Ferrari, atrás do pole Hamilton.
GP da Malásia de 2017
Com ritmo melhor que o da Mercedes, o holandês superou Hamilton e venceu em Sepang.
GP da Malásia de 2017
Daniel Ricciardo completou o pódio na segunda vitória de Verstappen pela Red Bull.
GP da Malásia de 2017
Verstappen vibra com o triunfo na Malásia.
GP da Malásia de 2017
O holandês já se colocava como rival de Ricciardo dentro da Red Bull, dando pontapé à tensão com o australiano.
GP do México de 2017
Verstappen largou em segundo, atrás do pole Vettel, que tentava sobrevida na briga pelo título com Hamilton.
GP do México de 2017
Verstappen ultrapassou o tetracampeão no início da prova e despontou na liderança.
GP do México de 2017
O holandês chegou a ultrapassar Hamilton como retardatário antes de vencer no Hermanos Rodríguez.
GP do México de 2017
Dominante vitória de Verstappen no circuito mexicano, no qual ele voltaria a vencer no ano seguinte.
GP do México de 2017
Bottas chegou em segundo, à frente do conterrâneo ferrarista Raikkonen.
GP da Áustria de 2018
Na corrida do ano passado em Spielberg, Verstappen largou em quarto.
GP da Áustria de 2018
Logo no começo da prova, o holandês ascendeu uma posição, superando Raikkonen.
GP da Áustria de 2018
No fim das contas, as duas Mercedes abandonaram e Verstappen triunfou. Nesta foto, ele conversa com o pai Jos no Red Bull Ring.
GP da Áustria de 2018
Mais uma grande vitória de Verstappen, que já vivia forte tensão com o ex-companheiro Ricciardo.
GP da Áustria de 2018
Raikkonen chegou em segundo, à frente do companheiro Vettel.
GP do México de 2018
Em sua segunda vitória no México, Verstappen largou em segundo, atrás de Ricciardo.
GP do México de 2018
O holandês despachou o então companheiro no começo da prova e despontou na liderança após sofrer ataque de Hamilton.
GP do México de 2018
Verstappen conseguiu abrir distância para o britânico e rumou para mais uma dominante vitória.
GP do México de 2018
Vettel chegou em segundo e Raikkonen completou mais um pódio em sua extensa carreira.
GP do México de 2018
Festa com champanhe para Verstappen, consolidado como primeiro piloto da Red Bull.
GP da Áustria de 2019
Na corrida deste domingo, as coisas começaram ruins para Verstappen, que caiu de segundo para sétimo após péssima largada. No entanto, ele se recuperou e brilhou com várias ultrapassagens. A foto acima antecede o bote do holandês sobre Vettel a 20 voltas do fim da prova em Spielberg.
GP da Áustria de 2019
Logo após, Verstappen não tomou conhecimento de Bottas e assumiu a segunda posição.
GP da Áustria de 2019
A 3 voltas do fim, o holandês foi com tudo para cima de Leclerc. Com direito a toque entre os pilotos, Verstappen conseguiu ultrapassar para vencer no Red Bull Ring.
GP da Áustria de 2019
A manobra foi mais um motivo de delírio para a torcida da Red Bull na casa da equipe. Os trajes laranjas comprovam a idolatria ao holandês de apenas 21 anos.
GP da Áustria de 2019
O pódio mostra Leclerc contrariado. O monegasco não concordou com a manobra do vencedor. Após três horas de reuniões, os comissários decidiram que o 'lance' foi normal e confirmaram a vitória do holandês.
GP da Alemanha de 2019
Verstappen teve uma largada ruim e caiu para a quarta posição após se classificar em segundo para a prova de Hockenheim. Mas logo nas primeiras voltas o holandês conseguiu ultrapassar Kimi Raikkonen e assumir o terceiro posto.
GP da Alemanha de 2019
Na sequência, o piloto da Red Bull passou a perseguir a dupla da Mercedes. No entanto, o vem e vai da chuva acabou bagunçando o grid e o holandês chegou a ficar mais para trás após as trocas de pneus.
GP da Alemanha de 2019
Mas uma série de incidentes com os rivais, aliado com as boas decisões da Red Bull na escolha dos pneus para cada momento da 'corrida maluca' e a constante entrada do safety car, permitiram que Verstappen assumisse a ponta, enquanto os adversários colecionavam erros.
GP da Alemanha de 2019
Após assumir a liderança, o holandês foi preciso em sua pilotagem. Sem cometer erros e ainda anotando a melhor volta da corrida, Verstappen precisou apenas manter o controle da distância sobre os rivais para garantir a segunda vitória em 2019.
GP da Alemanha de 2019
Foi a sétima vitória do "Mad Max" e a 61ª da Red Bull. E mais uma vez, o jovem holandês superou os rivais em uma prova cheia de emoção. De quebra, a Honda faturou a segunda vitória como fornecedora de motores desde o retorno à categoria.
35

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Pentacampeões, Márquez e Hamilton ensaiam desafio com moto e F1
Próximo artigo Hulkenberg: Bélgica e Itália serão fundamentais para Renault em 2019

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil