Verstappen: F1 precisa "encontrar solução" para monitoramento de limites de pista

Piloto holandês viu volta boa o suficiente para conquistar a pole em Portugal ser deletada devido à violação dos limites de pista antes de perder ponto extra no dia seguinte

Verstappen: F1 precisa "encontrar solução" para monitoramento de limites de pista

Max Verstappen acredita que a Fórmula 1 precisa "encontrar uma solução" para melhorar o monitoramento para os limites da pista.

Verstappen ficou frustrado com as regras de limites da pista da categoria na última corrida em Portugal depois de perder o ponto extra da volta mais rápida por ter saído da pista.

Leia também:

O conselheiro da Red Bull, Helmut Marko, ficou furioso com a decisão, dizendo que a equipe havia perdido uma vitória, uma pole position e uma volta mais rápida nas três primeiras etapas da temporada por causa das regras. E o chefe da equipe, Christian Horner, disse após a corrida em Portimão que sentiu que havia "inconsistência" na aplicação do regulamento.

O piloto holandês reconheceu que algumas soluções são "um pouco mais difíceis" devido ao meio-fio usado para acomodar mais categorias além da F1, mas disse que um meio-termo tinha que ser atingido.

"Acho que precisamos encontrar uma solução", disse Verstappen.

"Claro que entendo, algumas pistas corremos junto com a MotoGP e é claro que eles querem meios-fio um pouco diferente do que gostamos."

"Mas acho que ainda precisamos encontrar, digamos, um meio-termo que funcione para ambos."

"Com as nossas velocidades nas curvas, basicamente podemos abusar de toda a pista por causa da aderência que temos com os carros, o que às vezes torna muito difícil avaliar os limites adequados da pista."

"Mas, do meu lado, acho que devemos tentar colocar um pouco mais de cascalho nos lugares. Claro que às vezes não é o que os circuitos querem, porque quando você tem dias de corrida e os pilotos saem, o cascalho entra na pista, eles precisam para limpá-lo, custa muito dinheiro colocá-lo de volta no lugar."

“Mas eu acho que às vezes é um pouco confuso, você conhece alguns lugares que você toca em um meio-fio, alguns lugares são policiados com uma linha branca."

"Acho que podemos fazer isso muito melhor, certificando-nos de que há um limite rígido quando você sai ou algo assim."

Verstappen foi forçado a devolver a liderança do GP do Bahrein para Lewis Hamilton depois que ultrapassou a Mercedes fora da pista. Depois, o piloto viu uma volta boa o suficiente para conquistar a pole position em Portugal ser deletada devido a uma violação dos limites antes de perder o ponto extra da volta mais rápida no dia seguinte.

"Não acho que haja nada a ser feito para superar isso", disse Verstappen. “No Bahrein, houve alguns desentendimentos entre as equipes e o que era permitido e o que não era."

"Mas você também pode ver de forma diferente. Estou apenas tentando tirar tudo do carro, quando não estamos no mesmo nível que a Mercedes."

“Sempre tento obter o melhor resultado possível. Mas sim, saí duas vezes basicamente dos limites da pista, onde me custou uma pole e uma volta mais rápida."

"Mas também é porque eu não me contento com o segundo ou terceiro", concluiu.

F1 2021: Mercedes X RBR, Bottas X Russell, Grosjean e tudo da Espanha com Rico Penteado | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Oscar das pistas: histórias da F1 que rendem filme

 

.

 

compartilhar
comentários
F1: Bottas diz que rumor de troca por Russell é "besteira" e corneta Red Bull

Artigo anterior

F1: Bottas diz que rumor de troca por Russell é "besteira" e corneta Red Bull

Próximo artigo

F1: Pérez detona “covardes” que se escondem no anonimato das redes sociais

F1: Pérez detona “covardes” que se escondem no anonimato das redes sociais
Carregar comentários