Verstappen manda "indireta" para Hamilton após vitória: "Ações dizem mais do que palavras"

Holandês diz que Red Bull trabalhou melhor como equipe para conquistar lideranças de pilotos e construtores

Verstappen manda "indireta" para Hamilton após vitória: "Ações dizem mais do que palavras"
Carregar reprodutor de áudio

O GP de Mônaco de Fórmula 1 deste domingo (23) foi especial para Max Verstappen. Além da 12ª vitória na carreira, o piloto da Red Bull chegou à liderança do campeonato pela primeira vez. De quebra, ainda viu sua equipe assumir a primeira colocação dos construtores, algo que não havia ocorrido na era híbrida.

A falha mecânica no pit stop e o abandono de Valtteri Bottas fez a RBR recuperar 29 em relação à Mercedes e o fim de semana difícil do rival pelo título Lewis Hamilton abriu espaço para que o holandês superasse uma desvantagem de 14 pontos.

Leia também:

O resultado veio pouco tempo depois do heptacampeão dizer na quarta-feira que achava que Verstappen "sente que talvez tenha muito a provar" em suas batalhas nas pistas, após algumas manobras agressivas no início da temporada.

Questionado sobre a importância de dar um passo tão importante na corrida pelo título, Max pareceu referir-se "enigmaticamente" aos comentários feitos por Hamilton.

"Em primeiro lugar, as ações sempre dizem mais do que as palavras", disse o piloto. “Acho que é uma boa lição depois deste fim de semana. É preciso falar na pista e é disso que gosto. Até agora, nós cometemos os menores erros como equipe e é por isso que estamos à frente. Espero que possamos continuar assim ao longo da temporada."

Verstappen qualificou-se em segundo no sábado, mas liderou o pelotão depois que o pole position Charles Leclerc não conseguiu iniciar a corrida devido a um problema no eixo de transmissão. O holandês da Red Bull permaneceu focado em manter a primeira colocação na largada, já que a dificuldade de ultrapassagem em Mônaco poderia dificultar a recuperação da liderança.

"Foi um dia incrível. Penso que, uma vez que conquistamos a liderança na Curva 1, conseguimos gerir muito bem o ritmo e cuidar dos pneus. Por aqui, é uma questão de mantê-los em condições, tentar ir o máximo que puder e encontrar a janela ideal do pit stop. Acho que Valtteri [Bottas] estava lutando com os dele e teve que ir para os boxes."

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

Verstappen esteve brevemente sob pressão do finlandês da Mercedes no início da prova, preocupado com os níveis de aderência no lado em que começou no grid.

A Red Bull perguntou ao diretor de corridas da FIA, Michael Masi, se os carros seriam movidos para uma colocação acima no grid após o abandono de Charles Leclerc na largada, mas foi informado para manter a posição planejada.

"Ainda teria que começar em segundo, onde não acho que seja um bom lugar para largar, ali de fora", disse o piloto. "Felizmente me mantive em primeiro, mas a aderência não foi muito boa."

F1 2021: VERSTAPPEN vence em MÔNACO e assume a liderança em dia de pesadelo para HAMILTON | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O GP de Mônaco ainda é o ponto alto da F1?

 

compartilhar
comentários
F1 - Hamilton: Mercedes não pode desperdiçar outro fim de semana como Mônaco
Artigo anterior

F1 - Hamilton: Mercedes não pode desperdiçar outro fim de semana como Mônaco

Próximo artigo

F1: Acidente na classificação não teve relação com abandono de Leclerc, segundo Ferrari

F1: Acidente na classificação não teve relação com abandono de Leclerc, segundo Ferrari
Carregar comentários