Vettel ganha na Hungria apesar de drama no final

Piloto alemão tem corrida atribulada por problemas de estabilidade em Budapeste, mas mantém primeiro lugar à frente de Kimi e Bottas

Vettel ganha na Hungria apesar de drama no final
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, leads, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H at the start of the race
Start action
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, leads, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H,
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing, runs wide, as Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12, Fernando Alonso, McLaren MCL32, Stoffel Vandoorne, McLaren, Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10 and Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Kimi Raikkonen, Ferrari and Sebastian Vettel, Ferrari
Car of Lewis Hamilton, Mercedes-Benz F1 W08 Hybrid in the garage
Car of Valtteri Bottas, Mercedes-Benz F1 W08 Hybrid in the garage
Fernando Alonso, McLaren
Sauber C36 bodywork
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso
Fernando Alonso, McLaren
Carregar reprodutor de áudio

O calor e o traçado sinuoso de Hungaroring responderam aos anseios do alemão Sebastian Vettel. Depois do azar no GP da Grã-Bretanha, o tetracampeão precisava de um resultado perfeito neste final de semana na Hungria – o que aconteceu.

O alemão venceu sua 46ª prova na Fórmula 1, e viu sua diferença na liderança do mundial subir de um para 14 pontos apesar de um problema de estabilidade que o assolou pela maior parte da corrida. O alemão viu o volante de seu carro pendendo para a esquerda, mas se aproveitou da dificuldade de se ultrapassar em Budapeste para levar a corrida.

Kimi Raikkonen reclamou pelo rádio do fato de não ter tido possibilidade de passar Vettel pela estratégia já que andava mais rápido. Ele fechou a dobradinha da escuderia.

Não foi o domingo da Mercedes. Com problemas de rádio e fazendo uma má largada, Lewis Hamilton passou o início da prova em quinto. Com o problema de Vettel e a parada de Verstappen (quarto no início), ele passou para quarto e chegou próximo ao top-3. A Mercedes deu ordem de equipe para Bottas deixar Hamilton - que vinha mais veloz - ultrapassar, mas o britânico não conseguiu passar as Ferraris.

Com isso, Hamilton deixou Bottas passar no fim para que o finlandês fosse o terceiro após a ordem prévia.

Após tirar da prova o companheiro de equipe Daniel Ricciardo com um toque que furou o radiador e o pneu do australiano, Max Verstappen tomou uma punição de dez segundos no primeiro pit stop e chegou em quinto lugar.

Em sua melhor corrida do ano, Fernando Alonso chegou em sexto após ultrapassar o compatriota Carlos Sainz. Com o resultado - que também contou com Stoffel Vandoorne em décimo - a McLaren supera a Sauber no mundial de construtores, jogando o time suíço para a lanterna entre as equipes.

Substituto do brasileiro Felipe Massa, que devido a um mal-estar não pôde correr, o escocês Paul di Resta acabou abandonando a prova no fim.

A corrida

Na largada, as Ferraris se mantiveram nas duas primeiras posições. Max Verstappen tentou passar Valtteri Bottas por fora, mas o finlandês espalhou na curva 1 e o colocou sob ataque de Ricciardo. Na curva 2, Daniel tentou superar Max por fora e o holandês acertou o carro do parceiro. O piloto australiano teve o radiador e o pneu furados, assim acabou rodando na curva seguinte e abandonando.

Com os fluídos no asfalto, o Safety Car veio à pista. Na volta 6, a corrida voltou a valer. Vettel era o líder, com Raikkonen, Bottas, Verstappen, Hamilton, Sainz, Alonso, Perez, Vandoorne e Ocon.

Pelo toque com Ricciardo, Verstappen tomou dez segundos de punição no tempo de pit stop.

Em sua primeira parada, Romain Grosjean acabou tendo uma de suas rodas mal fixada e acabou abandonando a prova.

Bottas foi o primeiro dos ponteiros a parar, na volta 29. Uma volta depois veio Hamilton. As Ferraris vieram em seguida.

Na volta da parada, Vettel começou a sentir problemas de estabilidade em sua Ferrari. Isso juntou as Ferraris e as Mercedes, mas nenhum dos carros conseguia se aproximar um do outro. Kimi pedia ordem de equipe pelo rádio, mas não foi atendido.

Na volta 45, Botas deixou Hamilton passar por ordem de equipe. O britânico tentou se aproximar das Ferraris, mas teve muita dificuldade. Com isso, no fim o britânico deixou Bottas passar novamente e foi o quarto.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece na Bélgica, no dia 27 de agosto.

Resultado:

Pos.PilotoChassiMotorDif.
1 germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari  1:39'46.713
2 finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 0.908
3 finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 12.462
4 united_kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 12.885
5 netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 13.276
6 spain Fernando Alonso  McLaren Honda 1'11.223
7 spain Carlos Sainz  Toro Rosso Renault 1 volta
8 mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 1 volta
9 france Esteban Ocon  Force India Mercedes 1 volta
10 belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Honda 1 volta
11 denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 1 volta
12 russia Daniil Kvyat  Toro Rosso Renault 1 volta
13 united_kingdom Jolyon Palmer  Renault Renault 1 volta
14 canada Lance Stroll  Williams Mercedes 1 volta
15 germany Pascal Wehrlein  Sauber Ferrari 2 voltas
16 sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 2 voltas
17 germany Nico Hulkenberg  Renault Renault  
  united_kingdom Paul di Resta  Williams Mercedes  
  france Romain Grosjean  Haas Ferrari  
  australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG   
compartilhar
comentários
Ausência em GP aumenta drama de Massa na Hungria; relembre
Artigo anterior

Ausência em GP aumenta drama de Massa na Hungria; relembre

Próximo artigo

Com vitória, Vettel respira na liderança da tabela; veja

Com vitória, Vettel respira na liderança da tabela; veja