Wehrlein está em “longa lista” para segunda vaga na STR

compartilhar
comentários
Wehrlein está em “longa lista” para segunda vaga na STR
29 de set de 2018 11:12

Consultor da Red Bull no automobilismo, Helmut Marko afirmou que Pascal Wehrlein está em uma “longa lista” de candidatos para a segunda vaga na Toro Rosso em 2019.

No sábado, a equipe confirmou a recontratação de Daniil Kvyat, o que deixa o outro cockpit, atualmente ocupado por Brendon Hartley, ainda sem oficialização.

Wehrlein é uma possível opção para a Toro Rosso, já que ele rompeu seus laços com a Mercedes e se tornou uma opção livre no mercado.

Entende-se que ele se reuniu com Marko em Graz, na Áustria, na última semana.

Marko, por sua vez, admitiu que a disponibilidade de Wehrlein o torna um candidato.

“É uma história diferente agora, sim”, disse ao Motorsport.com. “Não tomamos ainda nenhuma decisão. Ele está em uma longa lista.”

O chefe da Red Bull, Christian Horner, minimizou a possibilidade, contudo, indicando que o alemão já está comprometido com outra categoria.

“No meu entendimento, ele fará a Fórmula E no ano que vem”, disse o dirigente ao Motorsport.com.

Questionado se isso poderia mudar caso Wehrlein tivesse uma oferta na F1, Horner disse: “Essa é uma discussão que teremos internamente.”

“Há várias opções disponíveis. Acho que temos bastante tempo. Não acho que precisamos estar apressados.”

Marko também deu a entender que Esteban Ocon seria um interesse se, assim como aconteceu com Wehrlein, ele rompesse seus laços com a Mercedes – algo que Toto Wolff já esclareceu que não vai acontecer.

“Se ele estiver livre de todos os contratos, poderíamos discutir isso”, disse. “Digo todos os contratos. Temos uma vaga, a Mercedes não tem uma vaga.”

Questionado também sobre o que Hartley precisaria fazer para manter sua vaga, ele disse: “Bata Gasly. Há cinco ou seis corridas faltando.”

Marko insistiu, porém, que Mick Schumacher, filho de Michael Schumacher, não é um candidato, mesmo que ele venha passando por uma fase de sucesso na F3 Europeia.

“Não, definitivamente não”, disse o austríaco. “Acho que é cedo demais para ele. Vamos ver o que acontece na F2.”

Next article
Hamilton lidera novo domínio da Mercedes no TL3 na Rússia

Previous article

Hamilton lidera novo domínio da Mercedes no TL3 na Rússia

Next article

Bottas bate Hamilton e conquista a pole para o GP da Rússia

Bottas bate Hamilton e conquista a pole para o GP da Rússia
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pascal Wehrlein
Equipes Toro Rosso Shop Now
Be first to get
breaking news