Williams promete não repetir erros de Melbourne no Bahrein

compartilhar
comentários
Williams promete não repetir erros de Melbourne no Bahrein
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
5 de abr de 2018 15:14

Diretor técnico da Williams insistiu que sacola plástica foi o que causou problemas nos sistemas de freio de Sirotkin na Austrália

Lance Stroll, Williams FW41
Lance Stroll, Williams FW41 pit stop
Charles Leclerc, Sauber C37 and Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41 Mercedes
Lance Stroll, Williams FW41 Mercedes, makes a pit stop
Sergey Sirotkin, Williams Racing, on the grid
Williams engineers prepare the car of Sergey Sirotkin, Williams FW41 Mercedes, on the grid as Charle
Lance Stroll, Williams Racing, at the drivers parade

A Williams foi uma grande decepção no GP da Austrália. A 14ª posição obtida pela Lance Stroll em Melbourne certamente pode compensar as expectativas da equipe da Grove que ainda não conseguiu mostrar seu verdadeiro potencial.

Especialistas perguntam se são os dois pilotos jovens que não sabem como tirar o melhor proveito dos carros, equipados com unidades de potência da Mercedes, ou se o FW41 é projeto equivocado.

A equipe de Sir Frank esperava dar um salto importante com Paddy Lowe, mas ao invés disso, parece afundar em um abismo. É por isso que em Grove estão procurando uma redenção imediata para a decepção de Melbourne, onde Sergey Sirotkin foi forçado a abandonar com um problema no freio e Lance Stroll foi 14º, enquanto que no ano anterior Felipe Massa no FW40 foi sexto.

Bahrein, portanto, torna-se uma importante prova de redenção para a Williams, que vai procurar uma reversão de rumo após o mau começo na Austrália.

"Sakhir é uma grande pista com uma atmosfera única sob os refletores, enquanto a escuridão desce no deserto. A corrida vai ser complicada para definir a estrutura do carro, uma vez que os TL1 e TL3 acontecerão com luz solar, com temperaturas de asfalto muito altas e não representam as condições mais frias que veremos na classificação e na corrida. Por isso, será extremamente importante fazer um bom trabalho no TL2 para preparar o nosso carro da melhor maneira possível", disse Paddy Lowe, diretor técnico da Williams.

"Será interessante ver como serão os novos pneus no Bahrein, e se permitem mais liberdade nas estratégias de corrida. A pista é a primeiro da temporada de 2018 em que deveremos ter uma comparação mais representativa do valor real das diferentes equipes. Eu prevejo que Sergey completará seu primeiro GP, porque na Austrália teve uma sacola plástica presa nos freios e o forçou a abandonar".

Sirotkin e seu grande desejo de redenção:

"Mal posso esperar para apagar Melbourne da memória, onde vivemos um fim de semana muito difícil. Eu sinto que eu tenho que começar do zero para chegar onde nós achamos que merecemos estar. Eu conheço muito bem a pista, e acho que é adequada para algumas das características do nosso carro".

Confira o guia do circuito do Bahrein

 

Próximo artigo
Magnussen: Liberty deveria ignorar pilotos “egoístas”

Artigo anterior

Magnussen: Liberty deveria ignorar pilotos “egoístas”

Próximo artigo

Vettel: Ferrari está “0s3, 0s4” atrás da Mercedes

Vettel: Ferrari está “0s3, 0s4” atrás da Mercedes
Carregar comentários
Seja o primeiro a receber as últimas notícias