Drugovich lidera segundo dia de testes da F2 em Abu Dhabi; Samaia é 20º

Em seu retorno à MP, brasileiro impôs forte ritmo e cravou a tabela do topo de tempos após ficar em segundo na quinta-feira

Drugovich lidera segundo dia de testes da F2 em Abu Dhabi; Samaia é 20º
Carregar reprodutor de áudio

Felipe Drugovich terminou na liderança do segundo dia de testes de pós-temporada da Fórmula 2, em Abu Dhabi, nesta sexta-feira (17), depois de ser o vice-líder da primeira sessão. O brasileiro, de volta à MP Motorsport, emergiu com 1:35.614, cerca de meio segundo à frente do resto do grid.

O tempo do paranaense foi 0s179 mais lento do que estabelecido por Jehan Daruvala, da Prema, na quinta-feira. Guilherme Samaia, o outro representante do país, ficou em 20º pela Charouz, com Enzo Fittipaldi de fora devido ao seu acidente na etapa final do campeonato de 2021. Resta apenas o próximo sábado para o encerramento dos trabalhos da categoria em Yas Marina.

Leia também:

A volta de Drugovich foi a única abaixo da barreira de 1m36s, com Jack Doohan, da sua antiga equipe Virtuosi Racing, como o mais perto de desafiar o brasileiro ao marcar 1:36.079.

Foi uma continuação do forte início do australiano na F2, depois de garantir uma largada na primeira fila da feature race no circuito no fim de semana passado. Ele também foi o terceiro mais rápido no teste de ontem.

O piloto júnior da Williams e novo contratado da Carlin, Logan Sargeant, fechou o top 3 do dia, com uma marca de 1:36.155 na parte da tarde.

O líder de quinta-feira, Daruvala, foi o quarto melhor ao ficar 0s465 atrás do ritmo de Drugovich. Théo Pourchaire, da ART, foi o quinto, cortesia de um tempo ajustado com pneus médios novos no final da sessão da manhã.

Liam Lawson (Carlin), Juri Vips (Hitech), Marcus Armstrong (Hitech) preencheram as posições de sexto a oitavo, enquanto o recém-coroado campeão da Fórmula 3 Dennis Hauger foi o nono geral em seu segundo dia pela Prema.

O top 10 foi completado por Jake Hughes, ao conduzir pela Van Amersfoort Racing que estreia na F2 substituindo a HWA Racelab.

Juan Manuel Correa continuou a mostrar sinais de ritmo forte em seu retorno à categoria para terminar o dia em 13º com a Charouz, atrás de Ralph Boschung, da Campos, e Roy Nissany, da DAMS.

Ambas as sessões foram interrompidas por períodos de bandeira vermelha com Frederik Vesti (ART), Correa, Samaia (Charouz), Sargeant, Ayumu Iwasa (DAMS), Hughes e Teppei Natori (Trident) causando paralisações durante o dia.

O teste pós-temporada termina no sábado, após mais seis horas de trabalho.

Classificação final do segundo dia (tempos combinados)

 

Final MANIPULADA? Giaffone OPINA sobre POLÊMICA de Abu Dhabi e analisa CONFUSÕES de MASI na F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #152: Qual tamanho do título de Verstappen após derrotar Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F2: Drugovich confirma retorno à MP Motorsport para 2022
Artigo anterior

F2: Drugovich confirma retorno à MP Motorsport para 2022

Próximo artigo

F2: Doohan supera Drugovich e é o mais rápido em último dia de testes

F2: Doohan supera Drugovich e é o mais rápido em último dia de testes