Fórmula E
R
ePrix da Arábia Saudita
22 nov
-
23 nov
Próximo evento em
3 dias
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
59 dias
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
87 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
100 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
122 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
136 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
150 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
165 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
199 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
214 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
234 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
26 jul
Próximo evento em
249 dias

3º, di Grassi fala em "trabalho duro" para brigar por título

compartilhar
comentários
3º, di Grassi fala em "trabalho duro" para brigar por título
Por:
7 de fev de 2016 00:23

Piloto da ABT, que segue na vice-liderança do campeonato, revelou que precisou poupar energia nos instantes finais da prova para manter 100% de pódios nesta temporada da Fórmula E

Podium: Winner Sam Bird, DS Virgin Racing Formula E Team; second place Sébastien Buemi, Renault e.Dams, thrid place Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport

Se a classificação para o ePrix de Buenos Aires deixou Lucas di Grassi insatisfeito, a corrida trouxe mais um bom resultado para o piloto, que terminou a prova deste sábado (6) na terceira posição - a prova foi vencida por Sam Bird, da DS Virgin.

Di Grassi começou a corrida com um ritmo forte, subindo de sétimo para terceiro antes do pit stop para troca de carro, quando enfrentou o primeiro revés nas ruas de Buenos Aires. "Larguei em sétimo, em uma classificação que não foi muito boa. A corrida, no entanto, estava indo muito bem. Passei para sexto, quinto, quarto e terceiro antes do pit stop, e na entrada o Nico (Prost), que estava à frente de Lucas) já tinha consumido toda a bateria e o carro dele apagou no pit lane.", disse.

"Eu tive meio que empurrá-lo porque eu precisava entrar no meu box para fazer a troca. Além disso, existe uma velocidade mínima dentro dos pits que é de 45 km/h, então foi uma situação meio bizarra porque eu não podia andar abaixo de 45 e ele diminuía mais e mais a velocidade e eu não tive outra alternativa a não ser dar uns toques para empurrá-lo adiante", afirmou o piloto.

A entrada do safety car após o problema com Antonio Felix da Costa, que ficou parado no meio da pista, com problemas mecânicos, foi o que, de fato, complicou a vida do brasileiro, já que ele perdeu a vantagem que tinha sobre Sebastien Buemi, rival na briga pela liderança do campeonato, e acabou sendo superado pelo suíço na reta final da prova.

"O safety car depois atrapalhou a nossa estratégia - acho que sem essa entrada a nossa chance de vencer a corrida era bem maior - porque estávamos dez segundos à frente do Buemi e a entrada do carro de segurança neutralizou essa diferença", disse.

"Tentei atacar Sam (Bird) o máximo que pude por três ou quatro voltas, usei a energia; aí perdi o momento ideal e o Sebastien estava ali, não tive muito o que fazer: tentei defender, ele passou e fiquei em terceiro", afirmou.

Por fim, di Grassi - que segue na vice-liderança do campeonato, a quatro pontos de Buemi (80 a 76 para o suíço) - reconheceu que não foi o melhor final de semana da ABT em termos de desempenho e revelou que precisou poupar energia no final para não ficar pelo caminho e conseguir manter 100% de pódios na atual temporada da F-E.

"Foi a nossa pior corrida até agora em termos de ritmo. A classificação não foi boa e na corrida eu tive que usar mais energia que o normal e por isso tive que economizar bastante no final. A e.Dams está um grande passo à frente da concorrência e se quisermos brigar pelo campeonato vamos ter de trabalhar mais duro ainda. Em Putrajaya e nas outras corridas éramos claramente a segunda força, mas aqui tínhamos outros adversários no nosso nível", completou.

Próximo artigo
Bird segura Buemi e vence em Buenos Aires; di Grassi é 3º

Artigo anterior

Bird segura Buemi e vence em Buenos Aires; di Grassi é 3º

Próximo artigo

12º, Nelsinho lamenta safety car: "teria pontuado"

12º, Nelsinho lamenta safety car: "teria pontuado"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento ePrix de Buenos Aires
Localização Autodromo Juan y Oscar Galvez
Pilotos Lucas di Grassi
Autor Gabriel Carvalho