Após toque com di Grassi, Buemi é campeão com melhor volta

Suíço garantiu os dois pontos dados ao autor do giro mais veloz e conquistou título da segunda temporada da Fórmula E; Lucas di Grassi, que se envolveu em lance polêmico com o suíço, ficou com o vice-campeonato

Após toque com di Grassi, Buemi é campeão com melhor volta
Carregar reprodutor de áudio

Sébastian Buemi é o campeão da segunda temporada da Fórmula E após a segunda corrida do ePrix de Londres, realizada neste domingo (3). O título, porém, não veio sem polêmica: na largada, Lucas di Grassi e Buemi se envolveram em um toque na primeira curva e ambos ficaram fora da disputa pela vitória.

Restou ao suíço e ao brasileiro brigarem pelos dois pontos da melhor volta da prova e Buemi, com 1min24s150, garantiu os pontos que deram a ele o título da segunda edição do campeonato de carros elétricos.

A festa da e.Dams foi completa com a vitória de Nicolas Prost, que dominou a prova e venceu com facilidade. Bruno Senna foi o sexto e Nelsinho Piquet foi o décimo.

A corrida

Buemi largou bem e manteve a ponta, mas na primeira curva di Grassi, que tentava ultrapassar Prost, passou do ponto de freada e atingiu o carro de suíço, que perdeu o aerofólio traseiro. Com o incidente, o safety car foi acionado.

Enquanto isso, di Grassi, levou o carro para os boxes, com a suspensão dianteira danificada, e entrou no segundo carro para seguir na disputa. Na terceira volta, a relargada foi dada e Buemi foi aos boxes para trocar de carro.

Prost era o líder, seguido por Heidfeld e Daniel Abt. Piquet vinha em sétimo e Senna em décimo. E se di Grassi voltou para a pista, a e.Dams segurou Buemi dentro dos boxes para poupar energia e entrar na pista para registrar a melhor volta da prova, e assim conquistar os pontos necessários para desempatar a disputa e chegar ao título.

O objetivo do brasileiro era o mesmo e, na sétima volta, a marca estava nas mãos de di Grassi. Na oitava volta, Sam Bird abandonou e deixou o carro no meio da pista, obrigando a direção de prova a acionar o safety car novamente. No giro seguinte, o piloto da ABT entrou nos boxes para economizar bateria.

Na abertura da décima volta, a corrida foi reiniciada, com Prost, Abt e Heidfeld mantendo a ponta. Duas voltas depois, Robin Frijns bateu e o safety car foi acionado pela terceira vez na corrida. Buemi, que acabara de voltar para a pista, ficou impedido momentaneamente de tentar a melhor volta.

Três voltas depois, bandeira verde novamente e o francês seguiu em primeiro, com Heidfeld sendo bastante pressionado por Abt. Ficando atrás de di Grassi, Buemi foi aos boxes para esperar uma janela de pista livre. Na 19ª volta, a maioria do pelotão fez a troca de carro.

No mesmo instante, Buemi registrou a melhor volta da prova (1min26s056) e, naquele momento, ficava com o título. Na 24ª volta, Buemi melhorou ainda mais a marca: 1min24s582. Di Grassi fez 1min24s934 e não conseguiu superar o suíço. Na sequência ambos retornaram aos pits para poupar bateria.

Faltava o uso do fanboost tanto para di Grassi quanto para Buemi. E o brasileiro utilizou o dele na 29ª volta. O recurso, porém, não foi suficiente para o piloto da ABT Audi roubar a melhor marca do suíço - que ainda melhorou a própria marca para 1min24s150 para sacramentar o título da segunda temporada da F-E.

Na frente, Prost venceu com facilidade, assim como no sábado. Abt foi o segundo e Jean-Éric Vergne chegou em terceiro, mas foi punido e Jérôme D'Ambrosio herdou o terceiro lugar no pódio. Bruno Senna foi beneficiado também e terminou em sexto, com Nelsinho Piquet fechando a zona de pontuação, em décimo.

Confira o resultado final da corrida em Londres:

Pos. Núm. Piloto Equipe Voltas Tempo Dif.
1 8 Nicolas Prost e.DAMS 33 56'32.648  
2 66 Daniel Abt Team Abt 33 56'40.281 7.633
3 7 Jérôme d'Ambrosio Dragon Racing 33 56'55.172 22.524
4 6 Loic Duval Dragon Racing 33 56'55.938 23.290
5 4 Stéphane Sarrazin Venturi 33 56'57.632 24.984
6 21 Bruno Senna Mahindra Racing 33 56'59.822 27.174
7 25 Jean-Eric Vergne Virgin Racing 33 57'39.650 1'07.002
8 23 Nick Heidfeld Mahindra Racing 33 57'40.192 1'07.544
9 55 Antonio Felix da Costa Team Aguri 33 57'40.972 1'08.324
10 1 Nelson Piquet Jr. China Racing 33 57'46.918 1'14.270
11 88 Oliver Turvey China Racing 33 57'54.864 1'22.216
12 77 Ma Qing Hua Team Aguri 32 56'38.193 1 volta
13 12 Mike Conway Venturi 32 58'02.119 1 volta
não completou 11 Lucas di Grassi Team Abt 18 51'42.736 15 voltas
não completou 9 Sébastien Buemi e.DAMS 16 54'14.582 17 voltas
não completou 27 Robin Frijns Andretti Autosport 11 20'39.744 22 voltas
não completou 28 Simona de Silvestro Andretti Autosport 9 17'44.286 24 voltas
não completou 2 Sam Bird Virgin Racing 6 11'12.526 27 voltas

 

compartilhar
comentários
Buemi é pole em 1-2 da e.Dams; di Grassi larga em 3º
Artigo anterior

Buemi é pole em 1-2 da e.Dams; di Grassi larga em 3º

Próximo artigo

10º, Nelsinho avisa: "vamos com tudo na próxima temporada"

10º, Nelsinho avisa: "vamos com tudo na próxima temporada"