F-E: Corridas da rodada dupla de Berlim usarão sentidos opostos da pista

Categoria de carros elétricos chega ao último final de semana da temporada com 18 pilotos matematicamente vivos na luta pelo título

F-E: Corridas da rodada dupla de Berlim usarão sentidos opostos da pista

Neste fim de semana, a temporada 2021 da Fórmula E chega à sua conclusão, coroando o primeiro campeão da categoria sob a denominação de mundial. E o palco para isso é o tradicional ePrix de Berlim, no aeroporto Tempelhof. Apesar de usar o mesmo traçado, cada corrida será realizada em um sentido da pista.

No ano passado, a F-E encerrou a temporada 2019-20 na capital alemã com seis corridas em Berlim. As quatro primeiras usaram o layout tradicional da pista, mas as provas um e dois correram no sentido inverso, enquanto a terceira e quartas voltaram ao normal, anti-horário.

Leia também:

A mesma ideia será aplicada na rodada dupla deste final de semana. A corrida do sábado será feita no sentido anti-horário, o tradicional, enquanto a do domingo pegará o inverso, horário. Para isso, serão necessárias mudanças na pista ao longo da noite, forçando a largada do domingo a ser 90 minutos mais tarde que a do sábado.

Berlim marcará também o retorno da venda pública de ingressos na F-E para esta temporada. Em maio, os fãs puderam voltar de forma limitada no ePrix de Mônaco, enquanto em Puebla as entradas foram distribuídas para profissionais da linha de frente.

Fans in a grandstand

Fans in a grandstand

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

Ao longo dos dois dias, um total de 10.400 fãs poderão acompanhar a corrida seguindo um protocolo de segurança e higiene estabelecido entre a organização do campeonato e as autoridades de Berlim.

Com 29 pontos disponíveis por corrida (liderando fase de grupos da classificação, pole, vitória e volta mais rápida), 18 pilotos ainda seguem matematicamente vivos na luta pelo título.

No momento, Nyck de Vries, da Mercedes, lidera o campeonato em uma dobradinha holandesa com Robin Frijns, da Virgin, que está na frente do Mundial de Construtores.

A rodada dupla de Berlim marca também a despedida da BMW e da Audi da categoria, com ambas anunciando no ano passado a saída. A Andretti seguirá na F-E como cliente da BMW em 2022, o último ano do Gen2, enquanto a Audi seguirá fornecendo trens de força para a Virgin.

Na próxima temporada, o grid deve contar com apenas 11 equipes, já que a Abt não conseguiu concluir o acordo para assumir a entrada da Audi antes que a licença fosse devolvida à F-E.

Apesar do esforço da Abt para comprar a entrada diretamente com a categoria, o Motorsport.com apurou que um colapso do acordo comercial encerrou as chances disso acontecer a tempo para a temporada 2022.

F1 2021: Verstappen SUPERIOR a Hamilton? Holandês se gaba de ser MAIS RÁPIDO; veja debate

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast – A primeira metade do campeonato da F1 foi a mais incrível dos últimos anos?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Di Grassi propõe corridas de arrancada para provar que "Fórmula E é mais rápida que F1"
Artigo anterior

Di Grassi propõe corridas de arrancada para provar que "Fórmula E é mais rápida que F1"

Próximo artigo

Fórmula E: Confira horários e como assistir etapa de Berlim, que encerra a temporada 2021

Fórmula E: Confira horários e como assistir etapa de Berlim, que encerra a temporada 2021
Carregar comentários