F-E: Dennis permanecerá com Andretti após saída da BMW em 2022

Apesar de final da parceria entre equipe e montadora, piloto britânico seguirá com o time para a última temporada da Gen2

F-E: Dennis permanecerá com Andretti após saída da BMW em 2022

O novato estrela da Fórmula E, Jake Dennis, foi contratado pela Andretti para disputar a temporada de 2022 após sua separação da BMW no fim do ano. O britânico foi o vencedor inesperado de uma seleção interna da montadora alemã, que incluiu os pilotos da DTM Philipp Eng e Lucas Auer, para substituir Alexander Sims, da Mahindra.

Com duas vitórias em sua temporada inaugural, em Valência e Londres, o piloto chega agora ao final do campeonato no ePrix de Berlim em quarto lugar na classificação do mundial - 14 pontos atrás do líder Nyck de Vries.

Leia também:

O evento na capital alemã marca a última corrida da BMW, depois da fabricante ter se juntado à série para ser parceira da equipe de Michael Andretti em 2018.

O de que sairia da F-E veio um dia depois de seu piloto Maximilian Gunther ter liderado o teste de pré-temporada em Valência, tendo "essencialmente esgotado as oportunidades" de desenvolver suas tecnologias no campeonato.

Embora a Andretti tenha revelado que continuaria a funcionar com um trem de força BMW cliente para a próxima temporada, foi inicialmente sem uma dupla de pilotos, já que Dennis e o alemão são contratados da montadora e não da equipe.

No entanto, o time anglo-americano agora garantiu metade de sua escalação com a chegada do britânico para o último ano de Gen2.

O piloto comemorou o acordo: "Estou muito animado e realmente honrado."

"Obviamente, era meu objetivo ficar sempre com a escuderia, e acho que eles tinham as mesmas intenções depois de um mundial tão forte."

O chefe Roger Griffiths acrescentou: "Jake mostrou que já tem o que é necessário para vencer na Fórmula E e seu conhecimento do trem de força BMW e dos sistemas associados, junto às operações da equipe Andretti, significa que esta relação contínua deve ser um bom presságio para o sucesso no próximo campeonato."

Manter Dennis também aumenta suas chances de permanecer no grid para o advento dos carros Gen3 em 2022-23, já que as equipes preferem segurar os pilotos por pelo menos dois anos para ajudar no desenvolvimento de novas máquinas de 470bhp e 120kg mais leves. O futuro de Gunther na equipe ainda não foi confirmado.

A Andretti declarou: "Como equipe fundadora da F-E, estamos mais comprometidos do que nunca com a série e com tudo que ela representa."

"A próxima temporada parecerá diferente para nós, à medida que retornarmos a um time independente. Anunciar a continuação de Jake proporcionará uma forte continuidade e é apenas o primeiro passo na construção de uma direção nova e empolgante. Estamos entusiasmados em receber de volta uma grande quantidade de pessoal."

F1 2021: Rico Penteado aponta favoritos na segunda metade do campeonato | TELEMETRIA DE FÉRIAS

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F-E: Porsche mantém Wehrlein e Lotterer para 2022
Artigo anterior

F-E: Porsche mantém Wehrlein e Lotterer para 2022

Próximo artigo

F-E: Dennis lidera primeiro treino livre em Berlim; Sette Câmara é 18º

F-E: Dennis lidera primeiro treino livre em Berlim; Sette Câmara é 18º
Carregar comentários