Fórmula E: Nick Cassidy será o substituto de Sam Bird na Virgin

compartilhar
comentários
Fórmula E: Nick Cassidy será o substituto de Sam Bird na Virgin
Por:

Campeão da Super Fórmula assinou contrato com a Envision Virgin Racing para temporada 2020/2021, que começa em janeiro do ano que vem

Campeão da Super Fórmula, Nick Cassidy se juntará à equipe Envision Virgin Racing para a temporada de 2020/2021 da Fórmula E, substituindo Sam Bird, que irá para a Jaguar. Cassidy, de 25 anos, estará ao lado de Robin Frijns na formação titular da equipe para a sétima temporada do campeonato com carros 100% elétricos, que começará em janeiro do ano que vem. O contrato foi descrito como “de vários anos”.

O neozelandês, que correu majoritariamente pela Toyota no Japão desde 2016, fez sua primeira aparição em carros da F-E mais cedo neste ano, em um teste para os calouros em Marraquexe. O piloto se destacou, cravando o melhor tempo do dia e um recorde de volta.

Leia também:

Cassidy, vencedor da Fórmula 3 Japonesa em 2015 e Super GT em 2017, disse que se sente preparado para o novo desafio em sua carreira.

“É uma oportunidade fantástica chegar à Fórmula E e à Envision Virgin Racing a partir da próxima temporada”, disse Cassidy. “A equipe é uma das mais bem sucedidas no grid, tem ótimas instalações e tem me impressionado constantemente desde que me juntei a eles para o teste entre os calouros em março”.

“Todos os pilotos sabem que a profundidade e a qualidade da Fórmula E estão entre os entre os melhores do mundo, então é ótimo adicionar meu nome a essa lista”.

“Correr no Japão tem sido uma experiência incrível e estou e tenho sorte de conseguir tanto em um curto espaço de tempo, mas sinto que agora é hora do próximo desafio da minha carreira e estou ansioso para fazer isso com a Envision Virgin Racing e com a Fórmula E”.

O diretor administrativo da Virgin, Sylvain Filippi, acrescentou: “Em Nick, sabemos que temos um piloto muito ambicioso e capaz com talento bruto, velocidade e ofício de corrida, além de um histórico impressionante para sua idade”.

“Desde o seu curto período conosco, estamos confiantes - junto com Robin Frijns - que temos dois pilotos que podem competir até o fim para ganhar campeonatos”.

Cassidy também havia sido sondado por diversas outras equipes para 2020/2021, incluindo substituir o piloto da Mahindra, Pascal Wehrlein, nas seis corridas de Berlim que encerrarão a temporada 2019/20, interrompida pela pandemia do novo coronavírus, além do próximo ano. Mas ele recusou essa oferta para buscar um acordo com a Envision Virgin.

Em 2020, Cassidy está competindo em outra campanha dupla para a equipe principal da Toyota na Super Fórmula e na SUPER GT. O Motorsport.com apurou que um diálogo está acontecendo entre a Toyota e Cassidy sobre uma possível continuação de seu relacionamento de 2021 em diante. Em caso de conflito de calendário, o piloto deve priorizar seus compromissos de F-E com a Virgin.

Entretanto, 2020 deve ser o último de Cassidy na Super Fórmula e sua saída da categoria abriria um espaço na equipe oficial da Toyota para a temporada de 2021. Sacha Fenestraz - que pilota para a equipe na Super GT neste ano e para a equipe ligada à Toyota na Super Fórmula, a Kondo Racing - seria o principal candidato para a vaga.

TELEMETRIA: O que muda na F1 no GP da Hungria e os rumores de Vettel na Racing Point

PODCAST: Guerra de bastidores na F1 e entrevista com Igor Fraga

 

JP de Oliveira volta a fazer parte da Nissan na SUPER GT Japonesa

Artigo anterior

JP de Oliveira volta a fazer parte da Nissan na SUPER GT Japonesa

Próximo artigo

Restrições de viagem impedem JP de Oliveira de correr em Le Mans em 2020

Restrições de viagem impedem JP de Oliveira de correr em Le Mans em 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Super GT , Fórmula E , Super Fórmula
Pilotos Nick Cassidy
Equipes Virgin Racing
Autor Jamie Klein