Lynn se junta a Di Grassi e perde 10 posições no México

compartilhar
comentários
Lynn se junta a Di Grassi e perde 10 posições no México
Por:

Britânico troca câmbio de seu carro após problemas enfrentados na última etapa, no Chile

Alex Lynn, DS Virgin Racing
Alex Lynn, DS Virgin Racing
Alex Lynn, DS Virgin Racing

Piloto da DS Virgin, Alex Lynn irá ter punição para o ePrix do México. Como precisará de um câmbio novo, o britânico perderá dez lugares no grid para a corrida no Autódromo Hermanos Rodriguez.

"Eu vou para o México com um pouco de revés", confirmou ele em uma coluna para a DS Virgin.

"Por causa do meu problema de câmbio na última corrida em Santiago, obviamente eu precisarei de um novo. Isso significa que eu terei uma penalidade de dez lugares no grid.”

"O plano deverá ser fazer algo diferente. Temos que ser ousados com nossas escolhas em estratégia, e espero que isso dê certo."

Na pole em sua estreia na Fórmula E, em Nova York no ano passado, Lynn substituiu José Maria Lopez como piloto de DS Virgin para a temporada 2017/18.

Antes de seu abandono em Santiago, ele havia marcado pontos nas três primeiras corridas da temporada, mas está agora em 14º no campeonato.

Cinco outros pilotos, incluindo o companheiro de equipe de Lynn, Sam Bird, já tiveram punições de grid em corridas anteriores. Atual campeão, Lucas di Grassi também será punido com dez posições no grid desta prova.

Batendo na trave nas últimas, Nelsinho quer pódio no México

Artigo anterior

Batendo na trave nas últimas, Nelsinho quer pódio no México

Próximo artigo

Bird também recebe punição de grid no México

Bird também recebe punição de grid no México
Carregar comentários