Pietro Fittipaldi volta à Indy e disputará ovais em 2021, dividindo carro com Grosjean

Neto de Emerson Fittipaldi segue como piloto reserva e de testes da Haas pelo terceiro ano

Pietro Fittipaldi volta à Indy e disputará ovais em 2021, dividindo carro com Grosjean

O brasileiro Pietro Fittipaldi voltará a correr na Indy em 2021. Além de atuar como piloto reserva e de testes da Haas na Fórmula 1, Pietro disputará as provas em circuitos ovais da categoria americana, incluindo as 500 Milhas de Indianápolis com Dale Coyne Racing, equipe pela qual já correu em 2018, e a Rick Ware Racing-Honda.

Na ocasião, sua temporada foi interrompida após apenas uma corrida, devido ao seu acidente na etapa de Spa do Campeonato Mundial de Endurance, onde acabou quebrando as pernas. Após sua recuperação, ele voltou à Indy e disputou as cinco provas finais, apesar de ter precisado de um arranjo distinto de freio para compensar a falta de força necessária para os pedais.

Leia também:

Pietro assinou com a Haas no ano seguinte para a F1 e, desde então, correu no DTM em 2019 e na F3 Asiática no começo de 2020, antes de fazer sua estreia no Mundial pela Haas, substituindo Romain Grosjean nas duas últimas corridas da temporada.

Agora o brasileiro se encontra novamente na mesma situação: ele ocupará o carro de Grosjean nas provas que o francês não disputará neste ano. Enquanto Grosjean disputará as 13 provas em circuitos mistos e de rua, Fittipaldi terá o carro na rodada dupla do Texas, nas 500 Milhas de Indianápolis e em Gateway.

"Estou muito feliz por correr nos ovais esta temporada com a Dale Coyne Racing e a RWR", disse Pietro. "Estou especialmente animado pelas 500 Milhas de Indianápolis. É um sonho meu desde que era criança".

"Todos os carros da Dale eram competitivos nos últimos anos, e espero que sejam novamente neste ano. Fico feliz também por dividir o carro com Romain, um grande amigo meu. Ao longo dos anos na Haas, nos tornamos amigos e é ótimo ser seu companheiro novamente. Coincidentemente, o número #51 é o mesmo que usei na minha estreia na F1".

"Trabalhei com alguns membros da Dale Coyne no passado, então estou feliz por trabalhar com eles novamente. Tenho certeza que vamos fazer grandes coisas. Mal posso esperar!".

Dale Coyne comentou: "Gostamos de trabalhar com Pietro em 2018 e infelizmente sua temporada foi mais curta que o planejado. Então é ótimo dar a ele mais uma chance para correr na Indy e nas 500 Milhas de Indianápolis".

"Mal podemos esperar para vê-lo no carro #51 ao lado de seu ex-companheiro de Haas Romain Grosjean. Temos uma dupla forte para nosso carro".

Caso Pietro se classifique para disputar as 500 Milhas, essa será a primeira vez desde 1995 que um Fittipaldi integrará o grid da maior corrida do automobilismo norte-americano. Naquele ano, seu tio Christian terminou em segundo pela Walker Racing, mas não conseguiu voltar à prova devido à sua contratação pela Newman / Haas Racing - que apoiava a CART durante a separação das categorias.

Fittipaldi raced on three ovals in his brief 2018 IndyCar campaign. Highlights included qualifying 10th at Phoenix and finishing 11th at Gateway (pictured).

Fittipaldi raced on three ovals in his brief 2018 IndyCar campaign. Highlights included qualifying 10th at Phoenix and finishing 11th at Gateway (pictured).

Photo by: Michael L. Levitt / Motorsport Images

ASTON MARTIN 2021: O carro verde de Vettel e os planos da volta da marca à F1

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

compartilhar
comentários
Haas diz que desistiu de apoio a Grosjean na Indy após acidente: "Não poderia dar-lhe dinheiro para sair e se matar"

Artigo anterior

Haas diz que desistiu de apoio a Grosjean na Indy após acidente: "Não poderia dar-lhe dinheiro para sair e se matar"

Próximo artigo

Grosjean diz que costumava ser um “idiota como companheiro de equipe”

Grosjean diz que costumava ser um “idiota como companheiro de equipe”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Pietro Fittipaldi
Equipes Dale Coyne Racing , Rick Ware Racing
Autor David Malsher