Power vence a terceira no ano; Castroneves é 2° e Kanaan, 4°

compartilhar
comentários
Power vence a terceira no ano; Castroneves é 2° e Kanaan, 4°

Bandeira amarela ajuda australiano a fazer a trinca no ano; brasileiros também vão bem nas ruas de Toronto

Não é a primeira nem será a última vez em que uma bandeira praticamente decide uma prova da Indy. O “azarado” da vez foi Scott Dixon. Depois de marcar a pole, largar bem e manter a ponta por boa parte da prova em Toronto, o neozelandês pagou o preço por uma bandeira amarela que lhe tirou a vitória que parecia certa e a colocou no colo do australiano Will Power.

Com o triunfo,  Power atingiu sua terceira conquista em Toronto (já havia  ganho em 2017 e 2010). Foi também a terceira vitória dele na atual temporada, igualando o número do francês Simon Pagenaud. Assim, Power subiu para a vice-liderança do campeonato, 53 pontos atrás justamente de Pagenaud.

A prova também foi boa para os brasileiros. Helio Castroneves superou um pneu furado e terminou mais uma vez em segundo, reafirmando sua regularidade. Já Tony Kanaan apostou numa estratégia diferente, chegou a liderar no final, mas teve de fazer um splash & go e acabou em quarto.

O resultado foi significativo para a Penske que só havia vencido nas ruas do traçado canadense duas vezes na história, em 2010  com Power, e em 93 com Paul Tracy. Foi também a sétima vitória da equipe no ano. Curiosamente, todos os seus pilotos já venceram na temporada, com exceção de Castroneves.

Hinchcliffe foi o terceiro e Takuma Sato fechou o top 5. A seguir vieram Aleshin, Bourdais e Dixon. Sim, ele mesmo, que de virtual vencedor em Toronto terminou apenas em oitavo.   

A CORRIDA

Apesar da pista apertada, a largada foi limpa para os ponteiros na primeira curva.  Mas logo em seguida, um acidente entre Hunter-Reay e Kimball provocou a primeira bandeira amarela. Quando a prova foi retomada, na volta 8, todos os primeiros colocados se mantiveram. Dos 10 primeiros, o brasileiro Tony Kanaan foi o primeiro a entrar nos boxes na volta 16, apostando numa estratégia diferente para fugir do tráfego pois vinha andando cerca de 1s mais lento que os ponteiros

Na volta 26, um pneu dianteiro esquerdo furado obrigou Castroneves a ir para os boxes. O prejuízo só não foi maior porque o brasileiro já estava perto de sua parada. Enquanto isso, Scott Dixon seguia firme na frente, sempre mantendo distância segura para seus perseguidores.

Em torno da volta 45, o neozelandês começou a diminuir o ritmo, talvez apostando em mais somente uma parada. Com isso, passou a ser apertado pelo francês Simon Pagenaud. Mas a estratégia foi para o espaço quando uma nova bandeira amarela embolou tudo. O mais bizarro foi o motivo.  Uma das zebras do circuito de rua de Toronto começou a desmanchar, soltando pedaços de asfalto.

Mas foi na volta 59 que aconteceu o acidente que praticamente definiu a corrida.  Josef Newgarden, ganhador da etapa anterior em Iowa, saiu numa curva e bateu no muro. O americano não conseguiu segurar o carro após pegar uma zebra, aparentemente por conta da mão fraturada no Texas. Ele deixou o carro da equipe Ed Carpenter sentindo a lesão.

A bandeira amarela caiu como uma luva para o australiano Will Power, que já estava nos boxes naquele exato instante.

A relargada aconteceu na volta 63. Kannan estava na ponta e começou a abrir, sobretudo porque o brasileiro sabia que teria de fazer uma nova parada já que não tinha combustível para ir até o fim. Faltando 10 voltas para o fnal, Tony foi para os boxes para fazer o splash & go e voltou em quarto.  No finalzinho, nova esperança de emoção. Uma  nova bandeira amarela ocasionou uma relargada na última volta. Mas Power dominou bem e fechou na frente. 

Próxima etapa da Indy é no dia 31 de julho no circuito de Mid-Ohio. Das cinco  provas restantes, duas são em ovais (Texas e Pocono) e três em circuitos mistos (Mid-Ohio, Watkins Glen e Sonoma).

Indy 2016 Toronto - Resultado da corrida

Pos #PilotoVoltasTempoGapIntervaloMphPitsRetirementPontos
1   12  Will Power  85 1:42'38.6925     88.739 2   51
2   3  Helio Castroneves  85 1:42'40.2200 1.5275 1.5275 88.717 2   40
3   5  James Hinchcliffe  85 1:42'41.2228 2.5303 1.0028 88.703 2   35
4   10  Tony Kanaan  85 1:42'42.4683 3.7758 1.2455 88.685 3   33
5   14  Takuma Sato  85 1:42'42.7493 4.0568 0.2810 88.681 2   30
6   7  Mikhail Aleshin  85 1:42'43.8070 5.1145 1.0577 88.665 2   28
7   11  Sébastien Bourdais  85 1:42'44.3318 5.6393 0.5248 88.658 2   27
8   9  Scott Dixon  85 1:42'44.7945 6.1020 0.4627 88.651 2   28
9   22  Simon Pagenaud  85 1:42'45.3280 6.6355 0.5335 88.643 2   23
10   27  Marco Andretti  85 1:42'45.6671 6.9746 0.3391 88.639 2   20
11   83  Charlie Kimball  85 1:42'46.1707 7.4782 0.5036 88.631 4   19
12   28  Ryan Hunter-Reay  85 1:42'46.7615 8.0690 0.5908 88.623 4   18
13   15  Graham Rahal  85 1:42'47.2914 8.5989 0.5299 88.615 5   17
14   19  Luca Filippi  85 1:42'47.6142 8.9217 0.3228 88.611 2   16
15   18  Conor Daly  85 1:42'48.0993 9.4068 0.4851 88.604 3   16
16   98  Alexander Rossi  85 1:42'48.3821 9.6896 0.2828 88.6 2   14
17   26  Carlos Munoz  85 1:42'48.7493 10.0568 0.3672 88.594 3   13
18   8  Max Chilton  85 1:42'49.3427 10.6502 0.5934 88.586 4   12
19   20  Spencer Pigot  85 1:42'50.1419 11.4494 0.7992 88.574 3   11
20   2  Juan Pablo Montoya  84 1:42'52.0025 1 Lap 1 Lap 87.506 3   10
21   41  Jack Hawksworth  80 1:35'23.9524 5 Laps 4 Laps 89.862 2 Accident 9
22   21  Josef Newgarden  57 1:07'50.7202 28 Laps 23 Laps 90.03 3 Accident 8

 

Dixon é pole em Toronto; Castroneves em 2° e Kanaan em 12°

Artigo anterior

Dixon é pole em Toronto; Castroneves em 2° e Kanaan em 12°

Próximo artigo

Newgarden é liberado para correr em Mid-Ohio

Newgarden é liberado para correr em Mid-Ohio
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Evento Toronto
Localização Exhibition Place