4º, Márquez reconhece exagero no fim de prova em Silverstone

Marc Márquez disse que assumiu muitos riscos na parte final do GP da Grã-Bretanha e acredita que poderia ter completado prova em segundo

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Gold and Goose / Motorsport Images

Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Márquez, quarto colocado no GP da Grã-Bretanha, realizado neste domingo (4), admitiu após a prova que exagerou na dose na reta final da disputa. Para o espanhol, que segue na liderança do campeonato, o segundo lugar era possível.

Após uma batalha acirrada com Valentino Rossi pelo terceiro lugar - da qual saiu vitorioso - Márquez partiu para o ataque em cima de Cal Crutchlow em busca do segundo lugar. No entanto, o piloto da Honda saiu da pista na Stowe a duas voltas do fim e caiu para quinto, recuperando apenas uma posição ao superar Dani Pedrosa na última volta.

Analisando o erro, Márquez então reconheceu que forçou demais o ritmo e afirmou que poderia ter terminado atrás apenas do vencedor da prova, Maverick Viñales, se tivesse sido mais preciso e cauteloso.

"Estava tentando controlar a disputa com Valentino, pois ele é o meu rival na briga pelo título. Depois disso, parti para o ataque. Talvez eu tenha exagerado na dose, pois me arrisquei demais. Achava que poderia terminar em segundo e por isso apertei o ritmo, mas a duas voltas do fim cometi um erro e perdi posições", disse.

Erro na escolha de pneu

Além do erro na pilotagem, Márquez revelou que a escolha do pneu macio na dianteira foi um equívoco, já que a partir da quarta volta o composto já havia se tornado um problema para o ritmo do espanhol.

"No início da corrida, talvez eu poderia ter sido ainda mais veloz, mas o problema é que após quatro voltas eu já percebi que o pneu macio na frente havia sido um erro. A frente escorregava demais e eu precisava descer demais nas curvas, com os cotovelos no chão para tentar controlar a frente", completou.

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Rossi: "diferente da Malásia, Márquez e eu buscamos o mesmo"
Próximo artigo Com vitória de Viñales, MotoGP bate recorde de equilíbrio

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil