MotoGP
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
23 dias
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
37 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
51 dias
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
58 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
72 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
79 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
93 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
128 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
142 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
156 dias
R
GP de Aragón
25 set
-
27 set
Próximo evento em
171 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
191 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
199 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
205 dias
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
220 dias
R
GP da Argentina
20 nov
-
22 nov
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Valência
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
234 dias

Aprilia ainda "sofre consequências" de ter assinado com Lowes

compartilhar
comentários
Aprilia ainda "sofre consequências" de ter assinado com Lowes
Por:
19 de ago de 2018 16:07

Chefe da Aprilia na MotoGP, Romano Albesiano, acredita que a marca italiana ainda está "sofrendo as consequências" da contratação de Sam Lowes em 2017

Sam Lowes foi promovido ao projeto da MotoGP da Aprilia no ano passado, mas seu contrato de dois anos terminou cedo, em meio a uma série de fracos resultados.

Ele voltou à Moto2 neste ano e foi substituído por Scott Redding, que também sofreu a bordo da RS-GP e não conseguiu manter o seu lugar para a temporada de 2019, com Andrea Iannone em seu lugar.

Romano Albesiano, chefe da equipe, disse no lançamento da Aprilia neste ano que "superestimou" Lowes, e agora admite que o time deveria ter contratado um dos seus pilotos de 2016, Stefan Bradl e Alvaro Bautista, para se juntar à Espargaró em 2017.

“Admito que, desse ponto de vista, [perder Bradl e Bautista] foi um erro”, disse Albesiano ao jornal Gazzetta dello Sport. "O principal erro foi apostar em um jovem piloto quando a moto não estava no nível certo.”

“O problema não foi substituir os dois, mas ter outro piloto experiente nos boxes teria sido melhor.”

"Deste ponto de vista, ainda estamos sofrendo as consequências de assinar Lowes."

Com oito corridas disputadas em 2018, a Aprilia encontra-se em último lugar na classificação dos fabricantes.

O melhor resultado de Espargaró na temporada foi o nono lugar em Le Mans, com Redding não conseguindo um resultado melhor do que o 12º lugar.

O piloto britânico teve grandes dificuldades na Áustria, quando criticou sua Aprilia depois de terminar em 20º.

Posteriormente, ele pediu desculpas por chamar a RS-GP de "um pedaço de merda" e Albesiano disse que o assunto está encerrado.

"O desabafo de Scott foi um apagão, em que ele se deixou levar pelas coisas desagradáveis", disse o italiano. "Mas ele se desculpou e o assunto terminou ali.”

A Aprilia, juntamente com a Ducati e a Yamaha, está presente em Misano para um teste privado no domingo, antes do GP da Grã-Bretanha, em Silverstone.

Próximo artigo
Rossi: "Se fosse chefe de equipe, queria ter Márquez e Lorenzo"

Artigo anterior

Rossi: "Se fosse chefe de equipe, queria ter Márquez e Lorenzo"

Próximo artigo

Crutchlow: Pedrosa não seria bom piloto de teste na Honda

Crutchlow: Pedrosa não seria bom piloto de teste na Honda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Scott Redding , Sam Lowes
Equipes Aprilia Racing Team Gresini
Autor Jamie Klein