Citando tensões geopolíticas entre Ucrânia e Rússia, MotoGP adia GP da Finlândia para 2023
Carregar reprodutor de áudio

O retorno do GP da Finlândia ao calendário da MotoGP não acontecerá mais em 2022. A categoria confirmou o cancelamento da etapa para este ano e seu adiamento para 2022, com a invasão russa na Ucrânia sendo um dos motivos por trás da decisão.

A contínua disputa entre os países criou vários problemas na cadeia global de fornecimento. Além disso, a intenção da Finlândia em se unir à OTAN não caiu bem com a vizinha, Rússia. 

Leia também:

A Federação Internacional de Motociclismo afirmou que o trabalho de homologação do KymiRing não pôde também ser concluído a tempo para a etapa da MotoGP em 10 de julho, optando por adiar a etapa para 2023.

"O trabalho de homologação do KymiRing, junto com os riscos causados pela contínua situação geopolítica na região, infelizmente nos obrigam a cancelar o GP da Finlândia de 2022", disse a FIM em um comunicado.

"As circunstâncias atuais criaram atrasos e colocam sob risco o trabalho no circuito. Portanto, todas as partes concordaram que a estreia da pista deve ser adiada para 2023, quando a MotoGP voltará a correr na Finlândia pela primeira vez em quatro décadas".

"Portanto, o calendário de 2020 da MotoGP contará com 20 etapas".

Start action, Jack Miller, Ducati Team leads

Start action, Jack Miller, Ducati Team leads

Photo by: Marc Fleury

A corrida no KymiRing faria sua estreia em 2020, antes de seu cancelamento por conta da pandemia. A prova foi novamente cancelada no ano passado devido às restrições de entrada no país.

A última vez que a categoria correu no país foi em 1982, quando as classes de 125cc, 250cc e 350cc correram no circuito de rua de Imatra. A última vez que a classe rainha, 500cc, correu na Finlândia foi um ano antes no mesmo local, com vitória de Marco Lucchinelli, da Suzuki.

Apesar do KymiRing ter um contrato de cinco anos com a MotoGP válido a partir de 2018, o local ainda não conseguiu receber a categoria. O cancelamento da prova de 2022 deixa um vácuo de seis semanas entre o GP da Holanda, marcado para 26 de junho em Assen, e o GP da Grã-Bretanha, em 07 de agosto em Silverstone.

Após polêmica, Sergio Mauricio comenta 'treta' no Twitter, explica "mimimi" e manda recado a haters

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #179: O que Hamilton e Russell podem conseguir com melhora da Mercedes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
GP da Itália de MotoGP: Horários e como assistir a etapa em Mugello, com MotoE e homenagem a Valentino Rossi
Artigo anterior

GP da Itália de MotoGP: Horários e como assistir a etapa em Mugello, com MotoE e homenagem a Valentino Rossi

Próximo artigo

MotoGP: Com Quartararo liderando, Yamaha vive problema similar ao da Honda no auge da era Márquez; entenda

MotoGP: Com Quartararo liderando, Yamaha vive problema similar ao da Honda no auge da era Márquez; entenda