MotoGP
25 mar
Próximo evento em
18 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed
R
GP das Américas
15 abr
Postponed
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
53 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
81 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
88 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
102 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
172 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
186 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
193 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
207 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
214 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
228 dias
28 out
Próximo evento em
235 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
249 dias

Domenicali: "Peço a Lorenzo que ganhe o Mundial"

Claudio Domenicali, diretor da Ducati, diz que está cansado de justificar a saída de Jorge Lorenzo e o convida a lutar por um título que para ele "é possível"

compartilhar
comentários
Domenicali: "Peço a Lorenzo que ganhe o Mundial"
Foto di gruppo con Claudio Domenicali, AD Ducati Motor Holding, sul palco con la Ducati Monster 25esimo Anniversario
Domenicali, Gigi Dall'Igna, Ducati Team General Manager Italian MotoGP race 2018
Claudio Domenicali, AD Ducati Motor Holding, sul palco con Andrea Dovizioso e la Ducati Monster 25esimo Anniversario
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team

Claudio Domenicali, diretor da Ducati, que mesmo não renovando com Jorge Lorenzo para 2019 e o contratando Danilo Petrucci para sua vaga, convida seu piloto a ainda tentar lutar pelo que seria o seu quarto título de campeão da MotoGP antes abandonar a equipe.

"Estou farto de falar sobre Lorenzo como um piloto que está saindo da Ducati. Estamos falando de um piloto que tem um contrato com a gente, que tem 12 corridas pela frente e agora estamos contentíssimos", disse Domenicali nesta quarta-feira na apresentação da décima edição da Semana Mundial da Ducati.

Leia também:

"No comunicado que dava as boas vindas Danilo, também convidava Jorge para vencer o Mundial, que é possível porque ele se encontra a 49 pontos da liderança. Estamos muito felizes de ter dois pilotos com opções de ganhar cada vez que enfrentam um GP", completou o italiano.

"É evidente que [no seu dia] escolhemos o Jorge porque pensamos que ele poderia ir rápido com a nossa moto. E também é evidente que tem sido muito desagradável termos passado 18 meses para nos adaptar. Mas não somos pessoas que olham para o passado, mas apontamos para o futuro. Tentaremos vencer o Mundial deste ano e no próximo trataremos de colocar Danilo à frente de Jorge. Isso é algo que parece impossível, mas nada é impossível".

Redding teme futuro fora da MotoGP: “Sou burro feito porta”

Artigo anterior

Redding teme futuro fora da MotoGP: “Sou burro feito porta”

Próximo artigo

Rossi: "Vamos bem em Assen, mas faz tempo que não vencemos"

Rossi: "Vamos bem em Assen, mas faz tempo que não vencemos"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso , Jorge Lorenzo , Danilo Petrucci
Equipes Ducati Team
Autor Matteo Nugnes