Dono de equipe da MotoGP é hospitalizado com Covid-19

Fausto Gresini foi internado no dia 27 de dezembro, após testar positivo para o novo coronavírus antes do Natal

Dono de equipe da MotoGP é hospitalizado com Covid-19

O dono da equipe Gresini, Fausto Gresini, foi hospitalizado com Covid-19 na Itália, depois de adoecer pouco antes do Natal.

Gresini, de 59 anos de idade, testou positivo na semana passada e foi hospitalizado em 27 de dezembro no Sant Maria della Scaletta em Ímola.

No entanto, uma atualização da equipe Gresini diz que ele foi transportado para o hospital Maggiore Carlo Pizzardi, nas proximidades de Bolonha, para uma enfermaria especializada em Covid-19. Sua condição neste momento permanece desconhecida.

Leia também:

Uma breve declaração da equipe Gresini dizia: “Após teste positivo para Covid-19 descoberta pouco antes das férias de Natal, Fausto Gresini - depois de um período inicial de isolamento em casa - foi hospitalizado em 27 de dezembro no hospital Santa Maria della Scaletta em Ímola.”

“O chefe da Gresini Racing foi transportado hoje para o hospital Maggiore Carlo Alberto Pizzardi, em Bolonha, em uma enfermaria mais especializada para o atendimento da Covid-19.”

“As condições de Fausto são monitoradas constantemente. Mais atualizações virão.”

A Gresini recebe atualmente a entrada oficial da Aprilia na MotoGP, tendo unido forças para o regresso da marca à categoria rainha em 2015.

Essa parceria continuará em 2021, embora a Gresini tenha anunciado no início de dezembro que a unidade se tornaria independente novamente a partir de 2022, com a Aprilia definida para ser uma equipe de fábrica independente.

Apesar dos esforços da MotoGP em 2020 para impedir a propagação do vírus dentro de seu paddock, vários membros de alto perfil foram forçados a faltar a corridas devido à doença entre os eventos.

O piloto da Pramac, Jorge Martin, esteve ausente da rodada dupla de Misano na Moto2 depois de se ter tornado no primeiro piloto a testar positivo, com o nove vezes campeão do mundo, Valentino Rossi, forçado a abandonar as etapas de Aragón.

O chefe da Yamaha, Massimo Meregalli, teve que se ausentar das corridas de Valência depois de um dos membros de Maverick Vinales ter testado positivo para o vírus, com vários outros ausentes dos GPs da França e Aragón após teste positivo dentro da bolha.

Apesar da situação do vírus aumentar novamente em toda a Europa, a MotoGP ainda está em curso para chegar ao primeiro teste de pré-temporada de 2021 na Malásia no final de fevereiro, enquanto os organizadores da categoria trabalham em um plano com o governo local para contornar o período de quarentena obrigatório para viajantes.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

EXCLUSIVA COM LECLERC: Saiba como admiração de pai de piloto por Senna influenciou estrela da F1

PODCAST: Quem ou quais foram os maiores fiascos da F1 em 2020?

 

compartilhar
comentários
Dorna não abrirá exceções para terceira moto da Honda caso Márquez volte; entenda

Artigo anterior

Dorna não abrirá exceções para terceira moto da Honda caso Márquez volte; entenda

Próximo artigo

MotoGP trabalha para realizar testes de Sepang sem quarentena

MotoGP trabalha para realizar testes de Sepang sem quarentena
Carregar comentários