MotoGP
20 set
-
22 set
Evento encerrado
04 out
-
06 out
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
1 dia

Dovi acha que quedas no início do ano fizeram Ducati ficar mais forte

compartilhar
comentários
Dovi acha que quedas no início do ano fizeram Ducati ficar mais forte
Por:
30 de dez de 2018 11:39

Piloto italiano acredita que começo complicado em 2018 fez sua equipe ser mais assertiva em melhorias para Desmosedici

Andrea Dovizioso acredita que os abandonos no início do ano, que destruíram sua tentativa de ser campeão em 2018, foram fundamentais para permitir que a Ducati se tornasse competitiva no final do ano.

Depois de levar até o fim sua batalha no campeonato de 2017 com Marc Márquez, Dovizioso abandonou a disputa de título de maneira realista no primeiro semestre de 2018, com quedas em Jerez, Le Mans e Barcelona. Ele concedeu a coroa oficialmente ao homem da Honda com outro acidente no final da temporada, em Motegi.

No entanto, ele acredita que o início difícil para a temporada fez a Ducati ir atrás de melhorias para a moto.

"Eu quero olhar para esta temporada de forma positiva, sem colocar muita ênfase nos negativos, porque na minha opinião tudo o que aconteceu neste ano nos permitiu nos tornarmos competitivos", refletiu o italiano.

“Neste ano, mesmo que tivéssemos feito tudo certo, teria sido difícil bater Marc e Honda. Quando seus oponentes são mais fortes, você tem que admitir isso. Nós sabemos com quem estamos lutando. Este ano certamente poderíamos ter feito melhor, evitando alguns dos zeros, mas sem isso talvez não nos tornássemos competitivos como somos hoje.”

“Quando descemos, isso nos dá a chance de pegar outro caminho e nos tornarmos verdadeiramente competitivos. É normal que possa haver alguns arrependimentos, mas prefiro não pensar muito nisso.”

Dovizioso descreveu os testes de pós-temporada em Valência e Jerez como os "melhores" da Ducati até o momento e elogiou a "base muito boa" da moto GP19.

Mas o piloto de 32 anos admitiu que sua equipe não estava em perfeita forma no início de 2018, apesar de ter vencido no Catar.

"A consistência sempre foi meu ponto forte, não é algo em que eu precise trabalhar muito", disse Dovizioso.

“Neste ano estava faltando porque não tínhamos condições no começo do ano e cometemos alguns erros, o que nos fez terminar muito atrás no campeonato.”

"Mas isso nos fez voltar como nunca antes e é uma coisa que me deixa orgulhoso de todos os caras que trabalham conosco."

Reportagem adicional por Matteo Nugnes

Podium: race winner Andrea Dovizioso, Ducati Team

Podium: race winner Andrea Dovizioso, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
Rossi vê duelo com Lorenzo na Catalunha em 2009 como melhor atuação

Artigo anterior

Rossi vê duelo com Lorenzo na Catalunha em 2009 como melhor atuação

Próximo artigo

Márquez: Vetar Lorenzo seria “sinal de fraqueza”

Márquez: Vetar Lorenzo seria “sinal de fraqueza”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso Compre Agora
Equipes Ducati Team Compre Agora
Autor Jamie Klein