Fora da Aprilia, Bautista confirma retorno à equipe Aspar

Campeão das 125cc pela esquadra em 2006, espanhol é o primeiro piloto confirmado do time de Jorge Martinez Aspar

Fora da Aprilia, Bautista confirma retorno à equipe Aspar
Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Alvaro Bautista, Aprilia Gresini Racing Team
Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Alvaro Bautista, Aprilia Gresini Racing Team
Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Yonny Hernandez, Aspar Racing Team
Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Eugene Laverty, Aspar Racing Team
Alvaro Bautista, Aprilia Gresini Racing Team
Alvaro Bautista, Aprilia Gresini Racing Team
Alvaro Bautista, Aprilia Gresini Racing Team
Carregar reprodutor de áudio

Desde 2012 na Gresini (time adquirido pela Aprilia em 2015), Álvaro Bautista irá mudar de ares na MotoGP no próximo ano. O espanhol de 31 anos vai retornar para a estrutura do tricampeão das 80cc e campeão de 125cc Jorge Martinez Aspar.

Com a equipe Aspar, o piloto espanhol ganhou o campeonato de 2006 das 125cc e foi o vice-campeão das 250cc no ano de 2008, disputando o título com o italiano Marco Simoncelli. A Aprilia será ocupada no próximo ano por Sam Lowes e Aleix Espargaró.

"Estou feliz por estar voltando àquela que foi a minha casa por muitos anos no campeonato mundial, onde tive os meus melhores resultados, incluindo o título de campeão mundial de 125cc e ter lutado pelo título de 250cc", disse Bautista.

"Estou feliz e motivado por voltar, especialmente por ficar mais um ano na MotoGP. É uma nova aventura. Ao longo dos anos cresci muito e tenho muito mais experiência agora. Estou confiante de que com esta equipe podemos ser competitivos em 2017."

O anúncio também confirma que Bautista irá correr com uma Ducati Desmosedici GP16 – moto utilizada pela equipe de fábrica atualmente.

"A equipe Aspar tem grande prazer em todos os sentidos de acolher Álvaro Bautista de volta", disse o chefe, Jorge Martinez.

"Como equipe, conquistamos juntos nosso primeiro campeonato mundial em 2006 e tivemos alguns anos maravilhosos. Nosso relacionamento profissional e pessoal com ele é excelente, e para a equipe e nossos patrocinadores esta é uma grande notícia.”

"Minha esperança e desejo é que isso traga grandes resultados para Ducati e para nós. É importante para nós ter um piloto espanhol com seu profissionalismo. Ele pode nos dar uma vantagem na pista."

O outro piloto da Aspar deverá ser definido entre Eugene Laverty e Yonny Hernandez. Laverty tem superado com folga seu companheiro de equipe neste ano até agora na Desmosedici GP14.2, mas o irlandês avalia opções na Superbike.

Grid da MotoGP em 2017:

EquipePilotos
Yamaha

 Valentino Rossi

 Maverick Vinales

Honda

 Marc Marquez

 Dani Pedrosa

Ducati

 Jorge Lorenzo

 Andrea Dovizioso

Suzuki

 Andrea Iannone

 Alex Rins

Aprilia

 Sam Lowes

 Aleix Espargaro

KTM

 Bradley Smith

 Pol Espargaro

Tech 3 Yamaha

 Jonas Folger

 Johann Zarco

LCR Honda  Cal Crutchlow
Marc VDS Honda

 Jack Miller

 Tito Rabat

Pramac Ducati

 Scott Redding

 Danilo Petrucci

Avintia Ducati

 Hector Barbera

 Loris Baz

Aspar Ducati

Alvaro Bautista

TBA

 

compartilhar
comentários
Honda não testará em Brno sua moto de 2017
Artigo anterior

Honda não testará em Brno sua moto de 2017

Próximo artigo

Rossi: “quero ver se posso ser mais rápido que Lorenzo”

Rossi: “quero ver se posso ser mais rápido que Lorenzo”
Carregar comentários