MotoGP
28 jun
-
30 jun
Evento encerrado
05 jul
-
07 jul
Evento encerrado
02 ago
-
04 ago
Evento encerrado
09 ago
-
11 ago
Evento encerrado
R
GP de San Marino
13 set
-
15 set
Próximo evento em
23 dias
R
GP de Aragón
20 set
-
22 set
Próximo evento em
30 dias
R
GP da Tailândia
04 out
-
06 out
Próximo evento em
44 dias
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
58 dias
R
GP da Austrália
25 out
-
27 out
Próximo evento em
65 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
72 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
86 dias

Furioso, Crutchlow dispara contra Bradl: "idiota do c******"

compartilhar
comentários
Furioso, Crutchlow dispara contra Bradl: "idiota do c******"
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho
12 de nov de 2016 20:31

Após se considerar atrapalhado por Stefan Bradl no Q1, Cal Crutchlow não economizou nas ofensas ao piloto alemão, que faz a prova de despedida da MotoGP em Valência

Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Stefan Bradl, Aprilia Gresini Racing Team
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Stefan Bradl, Aprilia Gresini Racing Team

Neste sábado (12), Cal Crutchlow não repetiu o bom rendimento das últimas etapas da MotoGP e terminou a classificação do GP de Valência apenas em 11º, após sofrer uma queda durante o Q2 que o impediu de melhorar o tempo e conseguir uma posição melhor.

Antes disso, porém, Crutchlow foi obrigado a passar pelo Q1, fase em que terminou com o melhor tempo. A primeira parte da classificação reservou ainda um momento bastante irritação para o britânico, que encontrou três pilotos andando devagar à sua frente, na linha ideal: Jack Miller, Álvaro Bautista e Stefan Bradl.

Crutchlow, uma das vozes mais críticas a pilotos que reduzem a velocidade para pegar carona com os mais velozes, não segurou a língua ao falar especificamente sobre Bradl, que se despede da Aprilia para disputar o Mundial de Superbike na próxima temporada, pela equipe oficial da Honda.

“Havia três deles, especialmente o alemão (Bradl)", disse um furioso Crutchlow após a classificação. É bom que ele esteja deixando a MotoGP, porque... idiota do caralho!", disparou.

Quando alguém vem a 200km/h, você olha para trás e está a 60km/h, na linha ideal do traçado, é aquela velha coisa de sempre: se ele quer se arrebentar e ser atropelado na curva 2, então é só ele seguir fazendo o que faz o tempo todo. Ele disse que não era ele, mas lá estava ele esperando e na linha ideal, todas as voltas", afirmou.

“Isso é típico dele. É típico de todos eles que não conseguem um bom ritmo, eles ficam esperando para se aproveitar de alguém para fazer uma volta", acrescentou o piloto da LCR.

Sem queda, segunda fila era uma possibilidade real

Após dominar o Q1 com facilidade, Crutchlow viu as chances de um bom resultado no Q2 caírem por terra após cair na curva 10. Para o britânico, a segunda fila era possível caso ele não tivesse sofrido a queda.

“Tínhamos potencial para estar na segunda fila, mas eu caí ainda na volta de aquecimento, o pneu dianteiro estava frio. Consegui voltar aos pits, mas com pneus usados você nunca conseguirá ser muito veloz", disse.

“O meu tempo no Q1 foi bom o suficiente para o oitavo lugar, e eu não dei 100% ali, só quis garantir minha passagem para o Q2. Estou desapontado, mas tenho um bom ritmo para a corrida", completou.

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Próximo artigo
Pole e recordista, Lorenzo diz: "não foi uma volta perfeita"

Artigo anterior

Pole e recordista, Lorenzo diz: "não foi uma volta perfeita"

Próximo artigo

No adeus à Yamaha, Lorenzo vence em Valência; Rossi é 4º

No adeus à Yamaha, Lorenzo vence em Valência; Rossi é 4º
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP de Valência
Localização Valencia
Pilotos Cal Crutchlow Compre Agora , Stefan Bradl
Equipes LCR Honda
Autor Jamie Klein
Seja o primeiro a receber as últimas notícias