MotoGP GP da Catalunha

Irritado, Rins detona comissários após incidente em Barcelona: "Não estão no nível da MotoGP"

Para Rins, a MotoGP deve mudar os comissários para as próximas corridas do campeonato. Segundo o piloto, eles "não estão no nível da MotoGP''.

rins bagnaia nakagami

O piloto da Suzuki Alex Rins criticou os comissários de corrida da MotoGP como não sendo bons o suficiente e pediu mudanças após uma colisão na curva 1 com Takaaki Nakagami no GP da Catalunha.

Rins foi lançado no ar e aterrissou pesadamente, enquanto Nakagami foi levado ao hospital para exames depois de bater na roda traseira de Bagnaia com o rosto. 

O editor recomenda:

Esta é a segunda colisão consecutiva entre Rins e Nakagami, que foi rotulado como “um dos pilotos mais perigosos” pelo homem da Suzuki após um confronto em Mugello há uma semana. 

Nenhuma penalidade foi dada a Nakagami naquela ocasião, enquanto os comissários consideraram a manobra da Catalunha como um incidente de corrida e não tomaram mais medidas. 

Isso irritou Rins, que pediu que o painel de comissários fosse alterado. 

“Bem, sinceramente, antes de tudo, espero que Taka esteja bem porque o vi no hospital com o rosto muito ruim”, começou Rins. 

“Mas, ele não pode ir assim, ele não pode andar assim. Você nunca quer que um rival se machuque, mas ele estava acima do limite nessa ação. 

“Esta é a primeira coisa que quero dizer. Mas o segundo é inaceitável. 

“Quero dizer, não podemos ir assim, a Direção de Corrida, os comissários fazem zero sentido no que disseram ao dizer que ‘nenhuma ação adicional’ acontecerá na corrida. 

“Para mim, eu já disse a Freddie [Spencer] quando estava em Mugello, que na minha opinião eles precisam punir com a mesma penalidade que [o piloto de Moto3 Deniz] Oncu recebeu no ano passado [uma proibição de corrida]. 

“É uma loucura, mas com certeza hoje eles demonstraram na TV que os comissários não estão no nível da MotoGP. 

“No final, a moto dele me tocou e eu voei. Acho que meu pulso esquerdo está quebrado. 

“Vou agora ao Hospital Dexeus para verificar. Mas parece ruim porque eu não posso mexer mais do que isso [um pouco]. 

“Então, estou muito triste pela decisão que eles tomaram. Tivemos um ritmo incrível hoje, mas…”

 

Alex Rins, Team Suzuki MotoGP

Alex Rins, Team Suzuki MotoGP

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Rins acrescentou: “Com certeza estou lesionado agora, ok, estamos correndo a 350 km/h, isso não é um jogo. 

“Como eu disse, eles não estão no mesmo nível. Isso é tudo o que posso dizer, eles mostraram isso hoje. 

“Sem mais ação, primeiro Taka cruzou a pista de forma um pouco agressiva. Se houvesse alguns pilotos perto dele com certeza ele os tocaria. A segunda é que ele freou tão tarde e perdeu a frente, é óbvio. 

“Nesta comissão de segurança mostrei a todos os pilotos e a Mike Webb, Diretor de Corrida, a ação que aconteceu em Mugello. 

“Alguns pilotos diziam ‘sim, é culpa do Taka’, e alguns dizem ‘foi culpa do Rins’. 

“Mas então todo mundo começou a falar sobre os comissários. Com certeza eles não estão fazendo bem o seu trabalho, é óbvio. É obvio.

"Rins diz que vai pressionar o MotoGP para mudar seus comissários, enquanto classifica o bicampeão mundial de 500cc Freddie Spencer – que lidera o painel de comissários – como “velho demais” para o trabalho. 

“Com certeza vou pressionar para fazê-lo”, acrescentou. 

“Esquecendo o incidente em Mugello, hoje estou lesionado, um piloto tirou minhas chances de lutar pelo campeonato 

“Todos os três caras estão lá [no painel de comissários], eles não estão fazendo bem o seu trabalho. Está claro. 

“Ele [Spencer] demonstrou que é velho demais para estar lá. Alguns jovens [deveriam ter o papel], não sei, pessoas que correram na nova era, alguém que já se aposentou”. 

Alex Rins, Team Suzuki MotoGP crash

Alex Rins, Team Suzuki MotoGP crash

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

O chefe da Suzuki, Livio Suppo, ecoou os comentários de seu piloto, criticando a decisão de rotular o acidente como “um incidente de corrida” como “inaceitável”. 

“Enviamos um protesto aos comissários”, disse Suppo. 

“Eles verificaram o incidente, para eles foi um incidente de corrida. Para mim, isso não é aceitável, considerar algo assim como um acidente de corrida. 

“Acho que tanto Alex quanto Pecco merecem saber o quão grande foi o erro que ele cometeu, claramente foi um erro. 

“É muito fácil verificar os dados de posição do piloto, quantos metros depois do ponto de travagem habitual ele fez. 

“Além disso, ele cruzou totalmente da esquerda para a direita. Se você falar com o Pol... Na TV parecia que ele era muito próximo do Pol [Espargaró]. 

“Acho que [se] a direção de corrida acha que algo assim é um acidente normal, temos que pensar. Para nós não é aceitável. Um erro pode acontecer, mas isso foi muito grande.”

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #180 – ‘Autossabotagem’ da Ferrari pode fazê-la perder título da F1 em 2022?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior VÍDEO: Em erro bizarro, Espargaró acha que corrida acabou antes da hora e perde pódio no GP da Catalunha de MotoGP
Próximo artigo VÍDEO: Bagnaia, Nakagami e Rins se envolvem em forte acidente na largada do GP da Catalunha de MotoGP

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil