MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
39 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
53 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
81 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
95 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
144 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
200 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
214 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
228 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
249 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
263 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
271 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
277 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
291 dias

Márquez diz que torceu por Rossi em duelo com Dovizioso

compartilhar
comentários
Márquez diz que torceu por Rossi em duelo com Dovizioso
Por:
1 de abr de 2019 13:52

Piloto espanhol fala que não teve dificuldade em encontrar ‘sensação doce’ com sua moto neste final de semana

O vencedor do GP da Argentina, Marc Márquez, revelou que torceu por uma ultrapassagem de Valentino Rossi sobre Andrea Dovizioso na luta pelo segundo lugar no último domingo.

Enquanto o espanhol venceu por 9s8 em Termas de Rio Hondo, Rossi e Dovizioso tiveram um duelo até o fim pelo segundo lugar.

Leia também:

Rossi saiu vitorioso graças a uma manobra na última volta, e Márquez admitiu que torcia para que o piloto da Yamaha batesse Dovizioso, que foi seu principal rival nos últimos dois anos.

"Quando passei a linha de chegada, soube que Dovizioso e Rossi estavam lutando pelo segundo lugar", disse Márquez, que liderou todas as sessões, exceto o TL2, durante o final de semana.

"Preferi que o Valentino fosse o segundo."

"Estou feliz porque vencemos e agora lideramos o campeonato, mas estou feliz com a forma como administramos o fim de semana. Foi um dos finais de semana mais sólidos da minha carreira na MotoGP, me sentia muito forte durante toda a sessão.”

"Eu realmente entendi o acerto, os pneus e a maneira de gerenciar a corrida e as primeiras voltas foram onde eu pude fazer a maior diferença."

Márquez acrescentou que "não foi muito difícil" manter sua forma forte em uma base consistente, já que ele teve "um sentimento doce" durante todo o final de semana.

"Não foi muito difícil. Por exemplo, no Catar eu estava lutando para seguir os outros, mesmo indo para o pódio", disse ele.

"Por alguma razão, neste fim de semana eu estive bem desde que saí do box. Quando você está bem, tem aquela sensação doce e tudo vem mais fácil."

Vitória dominante após a controvérsia de 2018

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

O piloto da Honda disse que a desastrosa atuação na Argentina em 2018 – quando tirou da pista Aleix Espargaró e derrubou Valentino Rossi – deu a ele motivação extra para administrar uma corrida perfeita desta vez.

"Não é meu estilo, eu posso dizer quantas corridas ganhei dessa maneira", disse Márquez.

"Mas honestamente depois do ano passado eu quis competir assim, eu queria mostrar minha velocidade e precisão."

Márquez agora lidera Dovizioso no campeonato por quatro pontos, e disse que está se sentindo tão forte quanto no ano passado, quando conquistou o título confortavelmente.

"No ano passado eu me senti muito parecido", disse ele. "Claro que tivemos zero pontos na Argentina no ano passado, mas a velocidade estava lá. Eu estava muito rápido na corrida, mas cometemos alguns erros”.

"No ano passado eu me senti forte também. Vamos ver, mas sempre tento ficar quieto porque o campeonato é muito longo".

Reportagem adicional por Federico Faturos

Próximo artigo
Crutchlow dispara contra MotoGP: “Márquez e Rossi não seriam punidos”

Artigo anterior

Crutchlow dispara contra MotoGP: “Márquez e Rossi não seriam punidos”

Próximo artigo

Morbidelli aceita culpa por acidente com Viñales na Argentina

Morbidelli aceita culpa por acidente com Viñales na Argentina
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Argentina
Sub-evento Corrida
Pilotos Marc Marquez Compre Agora
Equipes Repsol Honda Team
Autor David Gruz