MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
15 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
29 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
43 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
57 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
71 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
85 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
99 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
106 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
120 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
141 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
169 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
176 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
190 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
204 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
225 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
239 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
247 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
253 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
267 dias

Morbidelli aceita culpa por acidente com Viñales na Argentina

compartilhar
comentários
Morbidelli aceita culpa por acidente com Viñales na Argentina
Por:
1 de abr de 2019 14:29

Ítalo-brasileiro se desculpa com espanhol e diz que vácuo o fez se aproximar mais rapidamente de espanhol

Franco Morbidelli aceitou a culpa pelo acidente na última volta, no qual acabou caindo ao lado de Maverick Viñales no GP da Argentina.

Viñales estava em sétimo e atacando Danilo Petrucci, quando foi atingido por trás pela Petronas Yamaha de Morbidelli na curva 7 na última volta da corrida em Termas de Rio Hondo.

Leia também:

O confronto eliminou os dois pilotos, com Petrucci evitando por pouco a confusão.

Morbidelli admitiu que estava carregando muita velocidade no momento do acidente como resultado do vácuo de Viñales, Yamaha, e da Ducati de Danilo Petrucci.

"Eu estava pressionando para tentar alcançar pelo menos a sexta posição, não queria ultrapassar ninguém ali", disse Morbidelli. "Acabou que cheguei na curva 7 com os dois pneus deslizando”.

"Eu estava tentando parar, mas cheguei em Maverick, que estava passando por Petrucci. Cheguei um pouco rápido demais, e ele desacelerou um pouco mais, e essas duas coisas não correram bem juntas."

Apesar de ser a parte inocente no confronto, Viñales disse que sentiu que foi um "incidente de corrida".

"Estou com uma lesão no joelho e no tornozelo, por isso tenho de fazer uma checagem em casa, espero que nada esteja quebrado e não tenha nada difícil de recuperar", afirmou o espanhol.

"Mas de qualquer maneira eu vi o replay do acidente. É um incidente de corrida no fim das contas. É a última volta, estávamos todos tentando, eu tive meus momentos com Petrucci na curva anterior.”

"Estamos correndo, talvez outra hora eu faça algo similar, então é assim."

Viñales perplexo com a perda de ritmo

Viñales se qualificou em segundo atrás de Márquez e terminou o warm-up de domingo de manhã na mesma posição, mas não conseguiu repetir essa velocidade com mais calor na corrida.

Ele disse que não pode explicar por que sofreu uma perda tão dramática de desempenho.

"No warm-up tivemos o ritmo para andar com Marc", disse Viñales. "Mas na corrida eu perdi 1s5 do meu ritmo. É algo que não podemos explicar, eu não sei”.

"Honestamente, eu estou fazendo a mesma coisa. Eu não esqueci como correr da manhã para a tarde. Precisamos continuar trabalhando para tentar o possível para que isso não aconteça novamente em Austin."

Reportagem adicional por Federico Faturos

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
Márquez diz que torceu por Rossi em duelo com Dovizioso

Artigo anterior

Márquez diz que torceu por Rossi em duelo com Dovizioso

Próximo artigo

Primeira parte de 2019 “não será fácil” para Lorenzo, reconhece chefe

Primeira parte de 2019 “não será fácil” para Lorenzo, reconhece chefe
Carregar comentários