MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
36 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
50 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
64 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
78 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
92 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
106 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
120 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
141 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
162 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
190 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
197 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
211 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
225 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
246 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
260 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
268 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
274 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
288 dias

Márquez: “Se chegar à última curva com chances, vou tentar”

compartilhar
comentários
Márquez: “Se chegar à última curva com chances, vou tentar”
Por:
11 de ago de 2018 18:10

O líder do campeonato garante que tentará a vitória em um circuito onde nunca venceu, mas sem se precipitar

Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Pole sitter Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team

Spielberg – Marc Márquez acumula 66 vitórias em sua carreira, mas nenhuma delas foi conquistada no Red Bull Ring. O piloto da Honda quase conseguiu no ano passado, mas apesar da sua arriscada ação na última curva, foi Dovizioso quem subiu no andar mais alto do pódio.

De fato, dos 19 circuitos que compõem o calendário atual da MotoGP, só na pista da Áustria e na Tailândia, onde a categoria ainda não correu, Márquez não sabe o que é vencer.

"Isso passa pela minha cabeça", reconhece Márquez. "Sim, eu gostaria de ganhar, mas se não puder não me deixo levar. Se você somar 20 pontos ou 16 a Dovi, que está 68 atrás, ainda há margem para gerenciar."

Leia também:

As Ducatis novamente largam favoritas à vitória, embora nesta edição Márquez provou estar mais perto do que nunca após dominar todos os treinos menos o TL1 e conquistou a pole position.

"Eu me sinto bem, mas no ano passado também tinha um bom ritmo nos treinos. Vamos ver na corrida, depende da temperatura, dos pneus e de muitas coisas. As primeiras posições não têm sido realidade, mas em condições da água e mistos me adapto bem. No TL4 e na classificação estávamos na frente, isso é o mais importante. Se chegarmos ao fim será com eles", afirma.

O catalão teve a oportunidade de rodar roda a roda com as motos italianas e estudá-las.

"As leituras não têm sido boas para mim. Eu estava bem atrás deles, mas quando eles entram na reta vão gradualmente passando de quarta, quinta e sexta marchas. Nós temos pontos fortes e devemos procurar equilibrar para manter isso e recuperar nos setores dois e três", explica.

Assim, o espanhol parece não se importar em disputar a vitória na última curva.

" A última volta lutando é sempre desconfortável, mas se eu chegar com Jorge e Dovi, o que é provável, vamos tentar", concluiu.

Próximo artigo
Lorenzo: "Pode ser que eu repita a estratégia de Brno"

Artigo anterior

Lorenzo: "Pode ser que eu repita a estratégia de Brno"

Próximo artigo

Lorenzo vence e mantém hegemonia da Ducati no GP da Áustria

Lorenzo vence e mantém hegemonia da Ducati no GP da Áustria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Áustria
Localização Red Bull Ring
Pilotos Marc Marquez Compre Agora
Autor Oriol Puigdemont