MotoGP
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
11 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
25 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
39 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
53 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
67 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
81 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
95 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
102 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
137 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
172 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
186 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
200 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
221 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
235 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
243 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
249 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
263 dias

Márquez: "Suzuki está pronta para lutar pelo título"

compartilhar
comentários
Márquez: "Suzuki está pronta para lutar pelo título"
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
2 de nov de 2018 13:43

Marc Márquez foi o segundo mais rápido do segundo treino livre, e terceiro do dia de abertura das atividades da MotoGP na Malásia, onde Alex Rins, da Suzuki, foi o mais rápido

Marc Márquez ficou a apenas 93 milésimos de segundo de Alex Rins no segundo treino do dia na Malásia, mas foi ultrapassado por Andrea Dovizioso na combinação dos dois treinos, embora o italiano não tenha melhorado sua marca no treino da tarde.

Apesar dessa ligeira diferença com a Suzuki, Márquez classificou a GSX-RR como uma moto que já está preparada para grandes empreitadas.

O catalão, apesar de registrar uma volta rápida que o levou para as primeiras posições, passou o dia inteiro lutando com sua Honda, que quase o levou ao chão em quatro ocasiões.

"Puderam ver na TV: quatro sustos em uma sessão, o recorde. Essas salvadas significam que não estamos no lugar certo", disse Márquez.

Leia também:

"De manhã me senti melhor do que à tarde. Colocamos a borracha dura na frente e certamente não havia temperatura suficiente. Quando eu coloquei um composto mais macio [o médio] fomos melhores.", disse.

Apesar de não ter melhorado o seu tempo à tarde, Márquez aponta para Dovizioso como o piloto a bater neste fim de semana em Sepang.

"Dovizioso vai mais rápido que os demais. Não me surpreende que a Suzuki esteja indo tão rápido. A Suzuki está agora pronta para lutar pelo título. Desde Aragón estão rodando muito bem", completou.

"A Suzuki roda muito bem na metade da curva. Pode ser que seu ponto mais fraco seja a falta de velocidade máxima, mas sua manobrabilidade lhe dá muita tração. A beleza da MotoGP é que existem quatro marcas que podem lutar pelo título", disse em referência à Honda, Ducati, Suzuki e Yamaha.

"A Yamaha deu um passo à frente da Tailândia. Este é um dos circuitos que marcamos no calendário como aqueles em que podemos sofrer. É por isso que acho que o objetivo é o pódio", concluiu.

Próximo artigo
Confira os horários da MotoGP na Malásia

Artigo anterior

Confira os horários da MotoGP na Malásia

Próximo artigo

Rins supera Márquez e lidera sexta-feira na Malásia

Rins supera Márquez e lidera sexta-feira na Malásia
Carregar comentários