MotoGP: Irritado, Quartararo dispara contra comissários por punição em Assen: "Parabéns pelo ótimo trabalho que fazem"

Francês não é o único a demonstrar irritação com o painel de comissários da categoria neste ano, com muitos pilotos criticando as inconsistências

MotoGP: Irritado, Quartararo dispara contra comissários por punição em Assen: "Parabéns pelo ótimo trabalho que fazem"
Carregar reprodutor de áudio

O atual campeão e líder da MotoGP Fabio Quartararo fez uma publicação em suas redes sociais detonando o trabalho dos comissários da categoria devido à punição dada a ele pelo incidente com Aleix Espargaró no GP da Holanda do último domingo.

O francês da Yamaha perdeu a dianteira da moto e caiu enquanto tentava ultrapassar a Aprilia de Espargaró no lado de dentro do hairpin da curva cinco, durante a quinta volta. Quartararo acabou acertando Aleix, que foi forçado a ir para a caixa de brita para não cair. O espanhol foi para 15º, mas fez uma prova brilhante de recuperação para terminar em quarto.

Leia também:

O incidente foi colocado sob investigação pelos comissários, resultado na punição de uma volta longa ao francês, que será paga em agosto, no GP da Grã-Bretanha.

A decisão foi amplamente condenada nas mídias sociais devido às inconsistências exibidas pelos comissários ao longo do ano, algo destacado por Quartararo em uma publicação.

"Bem... uma volta longa para a próxima corrida. Agora você não pode tentar ultrapassar porque eles acham que você é muito ambicioso. Desde o começo do ano, alguns pilotos cometeram 'incidentes de corrida', mas o meu caso foi perigoso demais".

"Parabéns aos comissários pelo ótimo trabalho que fazem. Na próxima vez não vou tentar nenhuma ultrapassagem, pensando em não ser punido".

 

Massimo Meregalli, chefe da Yamaha, concorda que a punição ao piloto foi pesada, dizendo: "Começamos a corrida torcendo por uma boa performance. De qualquer jeito, estamos aqui, estávamos preparados, mas isso é o esporte".

"Vimos a primeira queda de Fabio como incidente de corrida, e sentimos que a decisão da direção pela punição não é somente pesada, considerando que ele não levou ninguém com ele e Aleix ainda pontuou, como também mostra inconsistência com outros incidentes que vimos nos GPs anteriores e que saíram sem punição".

A punição reiniciou o debate ao redor da consistência das punições pelos comissários, após Takaaki Nakagami, da LCR, escapar sem uma penalização pela colisão que tirou Álex Rins e Francesco Bagnaia do GP da Catalunha.

O caso foi julgado como incidente de corrida, assim como sua colisão com Rins uma semana antes em Mugello, que também levou ao abandono do piloto da Suzuki. O espanhol detonou o que ele chamou de "incompetência" dos comissários atuais.

Ex-piloto do Mundial de Superbike, Chaz Davies publicou em sua conta no Twitter no domingo que essas decisões dos comissários devem dissuadir os pilotos a brigarem na pista.

"Painel de comissários da FIM para a MotoGP: fazendo um trabalho excelente ao impedir pilotos de realmente correr no futuro, escreveu. "Uma falha básica ao não reconhecer um infeliz incidente de corrida vs pilotagem realmente errática".

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Quartararo é penalizado por incidente com Espargaró em Assen
Artigo anterior

MotoGP: Quartararo é penalizado por incidente com Espargaró em Assen

Próximo artigo

MotoGP: De férias e alcoolizado, Bagnaia bate carro em Ibiza; saiba

MotoGP: De férias e alcoolizado, Bagnaia bate carro em Ibiza; saiba