MotoGP: Márquez revela que "considerou" fazer nova pausa após GP da Espanha

Piloto da Honda retornou à categoria no mês passado em Portugal após ficar fora por nove meses

MotoGP: Márquez revela que "considerou" fazer nova pausa após GP da Espanha

Marc Márquez revelou que "considerou" fazer uma nova pausa na MotoGP após o GP da Espanha deste ano, mas os seus médicos o aconselharam a continuar a correr.

Márquez retornou à categoria rainha da motovelocidade no mês passado em Portugal após ficar fora por nove meses, depois de sofrer uma fratura grave no braço direito no GP da Espanha de 2020.

Leia também:

O espanhol ficou em sétimo lugar em Portugal e em nono em Jerez e tem lutado para guiar sua Honda devido a dores no ombro direito.

Falando antes do GP da Itália em Mugello - que ele antecipa que “não será o melhor final de semana” devido à natureza física da pista - Márquez revelou que pensou em fazer uma pausa novamente depois de Jerez devido à dor que provoca no ombro.

“Não, na verdade falamos e era uma possibilidade, por exemplo, depois de Jerez de parar novamente”, disse ele quando questionado se achava que voltou a correr cedo demais.

“E pensamos e falamos com os médicos e tudo mais, mas no final até os médicos disseram que era bom reintroduzir na minha vida, meu modo de corrida, guiar a moto na MotoGP - porque dá para andar em muitas motos, mas no final você precisa andar na moto de corrida se quiser melhorar."

“Acontece que quando você quebra o úmero, o úmero está ligado ao ombro eu já fiz a cirurgia no passado e talvez não estivesse 100%, apesar de estar funcionando bem em 2020 em Jerez."

“Mas agora, quando você dá outro passo após esta grande lesão, então pequenas coisas estão vindo."

“Isso não significa que o ombro esteja em uma situação muito, muito ruim."

“Quer dizer, o ombro tem uma coisa que não está funcionando direito e a gente está tentando entender porque no final de semana a dor está chegando mais, em casa também, a dor está sempre aí."

“Precisamos entender isso, mas os médicos dizem que é normal que o ombro ou o cotovelo sejam afetados depois de um úmero quebrado, e é verdade que o ombro me incomoda mais quando estou guiando.”

Márquez aumentou seu treinamento na preparação para o GP da Itália, pilotando uma moto Supersport 600cc em uma tentativa de entender melhor sua posição de pilotagem - e descobriu que não pode guiar em sua posição normal por causa da dor no ombro.

“Estava guiando este tipo de moto para perceber como era a minha situação e a minha posição na moto da MotoGP, não estou guiando bem, não estou em boa posição”, disse.

“Escolhi este tipo de moto só para tentar perceber qual é a melhor posição, mas imediatamente percebo que não posso guiar em uma boa posição porque as dores no ombro são muito maiores."

“Então, estamos verificando todas as coisas em casa e aqui no circuito para entender nosso futuro", concluiu. 

EXCLUSIVO: MASSA dá PITACO na crescente RIVALIDADE da F1 entre HAMILTON e VERSTAPPEN

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
Opinião: Curva de desempenho de Rossi deve levá-lo a aposentadoria na MotoGP

Artigo anterior

Opinião: Curva de desempenho de Rossi deve levá-lo a aposentadoria na MotoGP

Próximo artigo

MotoGP: Bagnaia lidera TL2 e é o mais rápido do dia em Mugello

MotoGP: Bagnaia lidera TL2 e é o mais rápido do dia em Mugello
Carregar comentários