MotoGP GP da Indonésia

MotoGP: Martin vence corrida sprint e assume liderança do campeonato

Martin agora tem sete pontos de vantagem para Bagnaia; Ducati garante quarto título seguido de construtores

Jorge Martin, Pramac Racing

Jorge Martin fez uma grande corrida sprint do GP da Indonésia da MotoGP, no circuito de Mandalika. Após vacilar na classificação, cair e ser somente o sexto, o piloto se recuperou bem: saiu da posição de largada, desbancou os adversários e venceu na Indonésia. De quebra, assumiu a liderança da competição, após ver seu concorrente Pecco Bagnaia ser somente o oitavo na prova, e viu a Ducati já garantir o título de construtores.

Leia também:

Luca Marini, o pole, não conseguiu segurar o ímpeto de Martin, mas conseguiu um bom segundo lugar, recuperando a posição nas voltas finais, desbancando Maverick Viñales, que foi somente o quarto. Marco Bezzecchi, se recuperando de uma cirurgia na clavícula feita nesta semana, foi o terceiro, após sair na nona colocação.

O que rolou na corrida?

Luca Marini fez uma largada boa, mas não conseguiu sustentar a liderança nas curvas seguintes, com Maverick Viñales assumindo a liderança. Enquanto Jorge Martin e Pecco Bagnaia ganhavam uma posição – quinto e 12

º respectivamente –, Marc Marquez sofria mais uma queda na temporada – e sozinho – ainda na primeira volta.

No início do segundo giro, Fabio Quartararo subia para o terceiro lugar, mas não durou muito no posto: Martin superava o italiano e ia ao P3. Logo atrás deles, Aleix Espargaró se enroscava com Brad Binder e ambos ficaram pelo caminho – com isso, Bagnaia ganhava mais dois lugares e estava no nono lugar.

Com 10 voltas para o final, Bagnaia assumia o oitavo lugar após erro de Jack Miller, quase que no mesmo momento em que Martin recebia a advertência por exceder os limites de pista. Porém, ele completou o giro com a melhor volta da prova – 1min30s767 – e colava em Marini e fazia a ultrapassagem na volta 5.

Enquanto Viñales abria na frente, a disputa pelo campeonato ganhava o foco na volta 6, com Bagnaia também recebendo a advertência por exceder os limites de pista. Marco Bezzecchi, que largou em nono, assumia o quarto lugar ao superar Quartararo.

Com cinco voltas para o final, Martin se aproximou de Viñales e aproveitou para fazer a manobra e assumir a liderança. Porém, Bagnaia lutava lá atrás, mas não conseguia se aproximar de Enea Bastianini.

No giro seguinte, Martin abria uma certa vantagem a viu Marini aproveitar o momento para ganhar o segundo lugar de Viñales, já claramente sem pneus. Ainda assim, conseguiu se defender de um mergulho de Bezzecchi, dando um lindo X na curva 1. Porém, o piloto do 72 fez a manobra na última volta.

Quem não quis saber da concorrência foi Jorge Martin, que cruzou na primeira colocação e ganhou a liderança da competição – saiu de três pontos atrás para sete de vantagem para Bagnaia, que foi só o oitavo.

Marini e Bezzecchi, que fez uma cirurgia na clavícula há seis dias, completaram o ‘pódio’ da sprint.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Marini faz primeira pole da carreira na Indonésia
Próximo artigo MotoGP: Bagnaia insiste que Ducati “nunca terá” ordens de equipe

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil