MotoGP: Rossi diz que precisa melhorar para renovar com a Yamaha

Piloto italiano pondera que não vale a pena estender vínculo caso o rendimento siga ruim

MotoGP: Rossi diz que precisa melhorar para renovar com a Yamaha

Heptacampeão da MotoGP, Valentino Rossi admitiu que é melhor não renovar seu contrato com a Yamaha caso seu desempenho não apresente uma evolução na temporada 2020 da categoria rainha da motovelocidade mundial.

No último campeonato, o piloto italiano teve uma jornada complicada por quedas e maus resultados. Dos quatro pilotos equipados com máquinas da montadora japonesa, o ‘Doutor’ obteve a pior colocação. Ele terminou em sétimo, sua pior posição desde 2011, com a Ducati.

Leia também:

Prestes a completar 41 anos em janeiro, o multicampeão tem contrato até o fim da próxima temporada. O piloto, porém, planeja antecipar a extensão seu vínculo com a Yamaha oficial de fábrica.

Após a vitória em sua classe nas 12 Horas de Yas Marina a bordo de uma Ferrari 488, em sua primeira corrida em carros após anos, o piloto italiano reconheceu que sua forma deve melhorar para fazer um novo acordo valer a pena.

"O próximo ano será crucial", disse ele. "No final de 2020, meu contrato termina, então terei que decidir em breve o que fazer, se continuo ou não. Logicamente, a decisão de continuar ou não dependerá muito dos resultados", sentenciou Rossi. Relembre sua carreira abaixo:

1996: Rossi estreia nas 125cc
1996: Rossi estreia nas 125cc
1/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1997: Primeiro título mundial, com a Aprilia, nas 125cc
1997: Primeiro título mundial, com a Aprilia, nas 125cc
2/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999: Segundo ano de Rossi nas 250cc
1999: Segundo ano de Rossi nas 250cc
3/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2000: Vai para as 500cc com a Honda
2000: Vai para as 500cc com a Honda
4/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2001: Conquista o primeiro título na categoria rainha
2001: Conquista o primeiro título na categoria rainha
5/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2002: Segundo título, já na MotoGP
2002: Segundo título, já na MotoGP
6/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003: Rossi de cabelo vermelho
2003: Rossi de cabelo vermelho
7/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2004: Primeiro ano na Yamaha
2004: Primeiro ano na Yamaha
8/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2005: Ao lado do brasileiro Alex Barros no ano do pentacampeonato consecutivo do italiano
2005: Ao lado do brasileiro Alex Barros no ano do pentacampeonato consecutivo do italiano
9/21

Foto de: Camel Media Service

2006: Ao lado da Yamaha M1
2006: Ao lado da Yamaha M1
10/21

Foto de: Camel Media Service

2007: Mais uma foto na Yamaha
2007: Mais uma foto na Yamaha
11/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2008: Depois de dois anos sem título, Rossi voltou a ser campeão, tendo Jorge Lorenzo como companheiro
2008: Depois de dois anos sem título, Rossi voltou a ser campeão, tendo Jorge Lorenzo como companheiro
12/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010: Rossi exibe capacete personalizado para etapa italiana da MotoGP
2010: Rossi exibe capacete personalizado para etapa italiana da MotoGP
13/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010: Rossi estuda traçado de circuito de Mugello
2010: Rossi estuda traçado de circuito de Mugello
14/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2011: 'Doutor' barbudo em seu ano de estreia na Ducati
2011: 'Doutor' barbudo em seu ano de estreia na Ducati
15/21

Foto de: Ducati Corse

2012: Mais um ano com a Ducati
2012: Mais um ano com a Ducati
16/21

Foto de: Ducati Corse

2013: Volta à Yamaha
2013: Volta à Yamaha
17/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2015: Italiano volta ao pódio com regularidade
2015: Italiano volta ao pódio com regularidade
18/21

Foto de: Yamaha MotoGP

2016: Mais um ano com a Yamaha
2016: Mais um ano com a Yamaha
19/21

Foto de: Yamaha MotoGP

2017: Quase nos quarenta, Rossi voltou ao visual 'careca'
2017: Quase nos quarenta, Rossi voltou ao visual 'careca'
20/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2019: Rossi completa quatro décadas neste ano
2019: Rossi completa quatro décadas neste ano
21/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

“Fizemos mudanças na equipe [incluindo uma mudança de chefe de equipe], para ver se conseguimos ser mais competitivos e mais rápidos. Para renovar, precisamos ser mais fortes do que estivemos este ano. Se não estivermos, é melhor não renovar”.

Um fator que pode contribuir para a permanência do ‘Doutor’ é a potencial contratação do espanhol Jorge Lorenzo, tricampeão da MotoGP e recém-aposentado como piloto titular da Honda após o fim da temporada 2019, como testador da Yamaha.

"Se ele voltasse à Yamaha M1, seria forte", afirmou Rossi sobre a possibilidade de Lorenzo se juntar à Yamaha durante o fim de semana do GP de Valência. "O problema é que ele quer muito dinheiro e para a Yamaha é um pouco difícil”.

“Mas eu gostaria muito de ter Lorenzo como testador, porque ele é um piloto muito rápido e pode nos ajudar”, disse o heptacampeão, otimista quanto à influência do espanhol no desenvolvimento da moto.

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Jorge Lorenzo, Repsol Honda Team

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Jorge Lorenzo, Repsol Honda Team

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

compartilhar
comentários
VÍDEO: Eric Granado fala de MotoGP e faz saldo da temporada 2019

Artigo anterior

VÍDEO: Eric Granado fala de MotoGP e faz saldo da temporada 2019

Próximo artigo

Viñales, e não Quartararo, é a referência da Yamaha, diz chefe

Viñales, e não Quartararo, é a referência da Yamaha, diz chefe
Carregar comentários