MotoGP
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
27 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
34 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Canceled
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
62 dias
15 out
-
18 out
Próximo evento em
97 dias
R
GP de Aragón
16 out
-
18 out
Próximo evento em
98 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Canceled
R
GP de Valência
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
126 dias

MotoGP: Valentino Rossi admite ir para a Yamaha Petronas em 2021

compartilhar
comentários
MotoGP: Valentino Rossi admite ir para a Yamaha Petronas em 2021
Por:
3 de jan de 2020 13:11

'Doutor' teve temporada ruim em 2019 e lida com pressão por aposentadoria

A vida de Valentino Rossi não anda fácil na MotoGP. Heptacampeão da categoria rainha da motovelocidade mundial, o italiano teve uma temporada difícil com a Yamaha oficial de fábrica em 2019 e os rumores sobre sua aposentadoria crescem cada vez mais. Entretanto, o ‘Doutor’ reafirma estar disposto a seguir no Mundial e parece pronto para tudo. Até mesmo ser ‘rebaixado’ para a Yamaha Petronas, equipe satélite da montadora japonesa.

A possibilidade foi ventilada pelo próprio Rossi, que não fechou as portas para o ‘time B’. Questionado sobre sua carreira, o italiano disse que poderia ir para a Yamaha Petronas caso isso signifique um prolongamento de sua trajetória na categoria rainha da motovelocidade.

Leia também:

A declaração do ‘Doutor’ vem em momento crucial para a montadora japonesa na MotoGP. Além do declínio de Rossi, a Yamaha observa de perto a ascensão de Fabio Quartararo: o novato francês brilhou em 2019 e é apontado como sucessor do italiano.

Além da concorrência interna de seus próprios pilotos, a fabricante nipônica precisa lidar com as montadoras rivais, que buscam se reforçar para destronar o espanhol Marc Márquez, atual campeão e vencedor de seis das últimas sete temporadas a bordo da Honda.

E o mercado está de olho em dois pilotos da Yamaha: além do próprio Quartararo, o espanhol Maverick Viñales, companheiro de Rossi na equipe de fábrica, é um alvo declarado da Ducati, que atualmente conta com os italianos Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci.

E Rossi na Yamaha Petronas?

Em meio a todas essas movimentações, Rossi diz não ver uma ida para a equipe satélite como algo necessariamente ruim. "Não vejo tanta diferença na Petronas", disse o ‘Doutor’ em entrevista recente à Gazzetta dello Sport.

"Eu preferiria ficar onde estou, mas somos três pilotos para dois lugares, então você tem que pensar. E para mim, mesmo que seja a Petronas, não é um time ruim. Mas talvez Viñales se vá ou Quartararo troque de moto, então ninguém sabe".

"Vou precisar de um tempo para entender tudo e vou conversar com o [chefe da equipe] Lin Jarvis e a Yamaha para ver o que pensam. Mas eu gostaria que nossa moto fosse 10 km/h mais rápida em uma reta, como a Honda e a Ducati, o que será difícil”, completou.

GALERIA: Relembre a carreira de Valentino Rossi na motovelocidade

Galeria
Lista

1996: Rossi estreia nas 125cc

1996: Rossi estreia nas 125cc
1/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1997: Primeiro título mundial, com a Aprilia, nas 125cc

1997: Primeiro título mundial, com a Aprilia, nas 125cc
2/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999: Segundo ano de Rossi nas 250cc

1999: Segundo ano de Rossi nas 250cc
3/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2000: Vai para as 500cc com a Honda

2000: Vai para as 500cc com a Honda
4/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2001: Conquista o primeiro título na categoria rainha

2001: Conquista o primeiro título na categoria rainha
5/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2002: Segundo título, já na MotoGP

2002: Segundo título, já na MotoGP
6/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003: Rossi de cabelo vermelho

2003: Rossi de cabelo vermelho
7/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2004: Primeiro ano na Yamaha

2004: Primeiro ano na Yamaha
8/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2005: Ao lado do brasileiro Alex Barros no ano do pentacampeonato consecutivo do italiano

2005: Ao lado do brasileiro Alex Barros no ano do pentacampeonato consecutivo do italiano
9/21

Foto de: Camel Media Service

2006: Ao lado da Yamaha M1

2006: Ao lado da Yamaha M1
10/21

Foto de: Camel Media Service

2007: Mais uma foto na Yamaha

2007: Mais uma foto na Yamaha
11/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2008: Depois de dois anos sem título, Rossi voltou a ser campeão, tendo Jorge Lorenzo como companheiro

2008: Depois de dois anos sem título, Rossi voltou a ser campeão, tendo Jorge Lorenzo como companheiro
12/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010: Rossi exibe capacete personalizado para etapa italiana da MotoGP

2010: Rossi exibe capacete personalizado para etapa italiana da MotoGP
13/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010: Rossi estuda traçado de circuito de Mugello

2010: Rossi estuda traçado de circuito de Mugello
14/21

Foto de: Yamaha Motor Racing

2011: 'Doutor' barbudo em seu ano de estreia na Ducati

2011: 'Doutor' barbudo em seu ano de estreia na Ducati
15/21

Foto de: Ducati Corse

2012: Mais um ano com a Ducati

2012: Mais um ano com a Ducati
16/21

Foto de: Ducati Corse

2013: Volta à Yamaha

2013: Volta à Yamaha
17/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2015: Italiano volta ao pódio com regularidade

2015: Italiano volta ao pódio com regularidade
18/21

Foto de: Yamaha MotoGP

2016: Mais um ano com a Yamaha

2016: Mais um ano com a Yamaha
19/21

Foto de: Yamaha MotoGP

2017: Quase nos quarenta, Rossi voltou ao visual 'careca'

2017: Quase nos quarenta, Rossi voltou ao visual 'careca'
20/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2019: Rossi completa quatro décadas neste ano

2019: Rossi completa quatro décadas neste ano
21/21

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Ouça nossa retrospectiva 2019

O ano chega ao fim e com ele uma temporada agitada no esporte a motor, sendo em duas ou quatro rodas. Os jornalistas do Motorsport.com Felipe Motta, Erick Gabriel e Carlos Costa passam o ano a limpo, destacando o que tivemos de bom e ruim ao longo do período. Confira:

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Siga o Motorsport.com Brasil no TwitterFacebookInstagram e Youtube.

Próximo artigo
Márquez, Ocon e cia: as contratações mais importantes para 2020

Artigo anterior

Márquez, Ocon e cia: as contratações mais importantes para 2020

Próximo artigo

Por medo de quedas, Márquez diz que nunca competirá no Dakar

Por medo de quedas, Márquez diz que nunca competirá no Dakar
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Valentino Rossi Compre Agora
Equipes Drive M7 SIC Racing Team
Autor Jamie Klein