MotoGP
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
23 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
7 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
14 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
21 dias

MotoGP: Após pole, Viñales culpa escolha ruim de pneus por performance ruim na semana passada

compartilhar
comentários
MotoGP: Após pole, Viñales culpa escolha ruim de pneus por performance ruim na semana passada
Por:

Espanhol disse que o trabalho de preparação para a corrida deste fim de semana foi completamente diferente da anterior

Maverick Viñales fez mais uma vez a pole position em Misano, agora para o GP da Emilia Romagna da MotoGP. E o espanhol da Yamaha espera não repetir a história da última prova, quando se sentiu "um cone na pista". Para isso, ele já deixou claro que vai pensar duas vezes antes de seguir o conselho dado pela equipe sobre quais pneus usar.

No GP de San Marino, Viñales voou na classificação e quebrou o recorde da pista para fazer a pole. Mas, na corrida, a escolha pelo pneu duro o deixou sem ritmo e lutando por aderência no lado esquerdo do composto, terminando apenas em sexto.

Leia também:

Ele foi o único do grid a optar pelo composto duro e admitiu neste sábado que sua escolha foi influenciada por um técnico de pneus da Yamaha, que insistiu que o pneu era a melhor escolha para seu estilo de pilotagem.

"Quando você dá o seu melhor o final de semana todo e o cara responsável pelos seus pilotos diz que a melhor escolha é o duro, você coloca o duro. Então não acho que isso deu certo, porque as outras Yamahas estavam de médio".

"No final, isso não estava correto. Então, cometemos vários erros em muitas corridas em que meu potencial era bom, mas a escolha de pneus foi a errada. Precisamos prestar mais atenção nisso".

"É errado termos um bom final de semana e cometer um erro com os pneus. Todo o trabalho vai pelo ralo porque você escolheu o composto errado".

Viñales bateu novamente o recorde da pista com 01min31s077, mas seu tempo não foi o melhor do dia, já que Bagnaia fez 01min30s973, volta que foi cancelada por exceder o limite da pista.

O piloto da Yamaha estava trabalhando mais com a frente da moto, tentando melhorar sua confiança nas corridas, com o excesso de borracha deixada pela Moto2 atrapalhando Viñales na busca pela melhor aderência nas corridas.

"Ontem, tive muitos problemas, especialmente com os freios. E nas curvas rápidas a moto se mexia demais. Hoje, demos um passo adiante. Então me sinto mais confiante".

"Diria que fizemos um bom trabalho. Vamos ver amanhã se isso segue. Mas trabalhamos diferente da semana passada, pensando mais nos ajustes para a corrida".

Entenda como Max Verstappen pode sair da Red Bull antes do fim de seu contrato

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

MotoGP: Dovizioso culpa pneus por falta de performance em Misano e explica aposta por trás de "desempregado" no macacão

Artigo anterior

MotoGP: Dovizioso culpa pneus por falta de performance em Misano e explica aposta por trás de "desempregado" no macacão

Próximo artigo

MotoGP: Viñales vence GP da Emilia Romagna que "caiu no colo" após queda de Bagnaia

MotoGP: Viñales vence GP da Emilia Romagna que "caiu no colo" após queda de Bagnaia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Lewis Duncan