MotoGP
25 mar
Próximo evento em
25 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed
R
GP das Américas
15 abr
Postponed
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
60 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
74 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
88 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
95 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
179 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
193 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
200 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
214 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
221 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
235 dias
28 out
Próximo evento em
242 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
256 dias

MotoGP: Dovizioso culpa pneus por falta de performance em Misano e explica aposta por trás de "desempregado" no macacão

O piloto da Ducati ainda falou sobre seu futuro e sobre o novo macacão, com a frase "desempregado"

compartilhar
comentários
MotoGP: Dovizioso culpa pneus por falta de performance em Misano e explica aposta por trás de "desempregado" no macacão

Andrea Dovizioso não teve um sábado para relembrar. O líder da MotoGP teve que disputar o Q1 e terminou apenas em décimo para o GP da Emilia Romagna deste domingo, terminando a meio segundo da pole de Maverick Viñales. E o italiano segue falando que a origem de seus problemas, que causam uma falta de consistência na temporada, está nos pneus.

"Não é nada instintivo fazer o que tenho que fazer para andar com os pneus, porque tenho que pilotar de maneira diferente da que vinha fazendo nos últimos três anos", disse Dovi após a classificação.

Leia também:

"Frenagem e derrapagem têm que ser abordadas de forma diferente, tendo que trazer mais velocidade para a entrada da curva. Estamos andando com ajustes diferentes dos últimos anos".

Dovizioso admitiu que sabia como, no papel, a Ducati deveria ser conduzida para tirar o máximo dos pneus, mas destacou que não consegue colocar em prática o que é discutido com os engenheiros.

"Nos últimos anos, trabalhamos para usar mais a frente, porque falta aderência na traseira, mas agora estamos em uma situação oposta. Por isso não é uma pilotagem instintiva".

A principal dúvida segue sendo o destino de Dovizioso após o final da temporada. Segundo o italiano, ainda não há nada de concreto, mas destacou que não descarta  hipótese de um ano como piloto de testes, mas apenas sob as condições ideais.

"Ainda estamos conversando, com várias opções sendo apresentadas. Ainda não há nada certo. Tudo depende de como ficará tudo. Em alguns lugares faz sentido assinar como piloto de testes, mas sempre olhando para o futuro".

Dovizioso ainda explicou porque seu macacão neste final de semana trocou a expressão "destemido" por "desempregado".

"Fui forçado pelos meus amigos", brincou. "Eu tinha feito uma aposta que teria que colocar isso no macacão caso assumisse a liderança do Mundial depois da primeira prova em Misano".

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Entenda como Max Verstappen pode sair da Red Bull antes do fim de seu contrato

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

MotoGP: Márquez classifica moto da Honda como "fora de controle" em classificações

Artigo anterior

MotoGP: Márquez classifica moto da Honda como "fora de controle" em classificações

Próximo artigo

MotoGP: Após pole, Viñales culpa escolha ruim de pneus por performance ruim na semana passada

MotoGP: Após pole, Viñales culpa escolha ruim de pneus por performance ruim na semana passada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP Emilia-Romagna
Pilotos Andrea Dovizioso
Equipes Ducati Team
Autor Marco Di Marco