MotoGP
28 mar
Evento encerrado
04 abr
Evento encerrado
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
13 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
27 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
41 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
48 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
62 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
69 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
83 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
132 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
146 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
153 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
167 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
174 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
188 dias
28 out
Próximo evento em
195 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
209 dias

Rea: "Estou desapontado por nunca ter tido oportunidades na MotoGP"

Hexacampeão do WorldSBK lamenta não ter tido opção de dar salto em uma oportunidade apropriada para a MotoGP

Rea: "Estou desapontado por nunca ter tido oportunidades na MotoGP"

Jonathan Rea se tornou o piloto de maior sucesso na história do Mundial de Superbike. O britânico já acumula 99 vitórias e 185 pódios, e em 2020 somou o sexto título da categoria ao seu recorde.

O piloto passou praticamente toda a sua carreira nesse campeonato. Rea foi para o Mundial com a Honda em 2008, depois de sua passagem pela superbike britânica. Um ano depois, já conquistou um lugar fixo na principal categoria, e aí se manteve ligado à marca até 2014, apesar de ter uma mecânica inferior à das restantes fabricantes no campeonato.

Leia também:

Embora em 2012 a Honda o tenha escolhido para substituir o lesionado Casey Stoner na Repsol Honda em dois GPs, o norte-irlandês nunca recebeu uma proposta firme para a MotoGP e em 2015 foi para a Kawasaki. O resto é história.

Rea já tentou correr na MotoGP, mas nunca recebeu uma proposta que o convencesse. A caminho dos 34 anos, o hexacampeão mundial acredita que essa oportunidade não virá mais.

"Sim, estou desapontado por nunca ter tido essa oportunidade, mas é a vida", admite Rea em entrevista ao Moto journal. “Ainda estou feliz por ter ficado na Honda todos esses anos, pois isso me deu a oportunidade de correr com a Repsol. Se você pudesse escolher uma motocicleta para correr na categoria rainha, você escolheria aquela porque é a mais icônica. Estou muito grato por ter tido essa oportunidade. Honestamente, preferia ter feito aquelas duas corridas com aquela moto a correr uma temporada inteira com uma moto com a qual teria sido impossível ser competitivo."

Dominador absoluto do WorldSBK, a questão é o que ele poderia ter feito no MotoGP.

"Sempre terei a dúvida na cabeça: o que eu poderia ter feito na MotoGP? As coisas são como são. Isso é a vida. Sou multicampeão mundial do WorldSBK e gosto muito da vida que tive lá".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1: Entenda os FATORES que fizeram RED BULL optar por PÉREZ ao lado de VERSTAPPEN

PODCAST: Como ficará marcada a temporada de 2020 da F1?

 

compartilhar
comentários
Honda anuncia participação de Granado na etapa do Estoril do Mundial de SuperBike

Artigo anterior

Honda anuncia participação de Granado na etapa do Estoril do Mundial de SuperBike

Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP , World Superbike
Pilotos Jonathan Rea
Autor Carlos Guil Iglesias