Rossi decidirá aposentadoria da MotoGP no meio do ano e demonstra interesse em correr em Le Mans com Ferrari

Multicampeão da MotoGP chega à 26ª temporada no Mundial em seu ano de estreia com a Petronas SRT, satélite da Yamaha

Rossi decidirá aposentadoria da MotoGP no meio do ano e demonstra interesse em correr em Le Mans com Ferrari

Em 2021, Valentino Rossi chega a impressionante marca de 26 temporadas no Mundial de Motovelocidade, sendo duas na 125cc, duas na 250cc e a outras 22 na 500cc / MotoGP. E aos 42 anos, é inevitável que as perguntas sobre a aposentadoria cheguem ao multicampeão. Para o italiano, essa não será uma decisão fácil, mas já determinou um prazo para bater o martelo sobre sua continuidade nas pistas.

Valentino correrá pela primeira vez em sua carreira como piloto de uma equipe satélite, na Petronas SRT, apesar de seguir como contratado pela Yamaha, tendo todo o apoio da montadora japonesa.

Leia também:

No ano passado, após saber que havia perdido a vaga na equipe oficial da Yamaha para Fabio Quartararo, Rossi falou sobre a possibilidade de se aposentar, e que avaliaria após as primeiras corridas da temporada 2020 se ainda seria competitivo e se estaria se divertindo nas pistas. Mas a pandemia fez com que ele mudasse os seus planos. Quando o campeonato começou de fato, em julho na Espanha, ele já havia iniciado as negociações com a Petronas para 2021.

O italiano terá como companheiro de equipe Franco Morbidelli, piloto ítalo-brasileiro que foi o vice-campeão da temporada passada e o melhor piloto da Yamaha na classificação final, apesar de ser o único a usar uma moto do ano anterior.

Após o lançamento da moto da Petronas para 2021, Valentino participou de uma coletiva virtual com jornalistas do mundo todo e falou sobre a possível aposentadoria no final deste ano.

“Decidirei durante as férias de verão. Quero fazer algumas corridas antes de decidir. Não é uma decisão fácil, mas certamente tudo depende dos resultados. Acredito que, se eu for competitivo e puder lutar pela vitória, por pódios, posso continuar por mais um ano. Mas isso depende de mim. Não vou discutir com a equipe e nem com a Yamaha. Talvez eles até me digam que não precise tomar uma decisão”.

O italiano acredita que a aposentadoria terá um impacto grande em sua vida, mas ele não se preocupa, porque seguirá correndo, mas com outras máquinas.

“Isso vai mudar minha vida, mas não me preocupo muito. Tive uma longa carreira e estou feliz. Sobre a possibilidade, posso ir para mais uma temporada, mas depende dos resultados”.

“Certamente, quando você para depois de 26 anos nessa vida, coisas irão mudar, mas quero continuar sendo um piloto, correr com carros. Talvez mude algumas coisas, mas espero que não muito”.

Perguntado se gostaria de disputar as 24 Horas de Le Mans com a Ferrari em seu novo projeto de hipercarro, Valentino disse que sim, mas sabe que o nível para andar em um carro desses precisa ser alto.

“Gostaria de fazer as 24 Horas de Le Mans e as corridas de endurance. Seria um sonho, claro, correr pela Ferrari, mas é preciso compreender o meu nível. Para o hipercarro, existem pilotos muito bons, que são muito rápidos”.

“Eu sou rápido quando ando de carro, mas não sei se consigo chegar a esse nível. Mas certamente seria bom tentar”.

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

ASTON MARTIN 2021: Veja o carro VERDE de VETTEL e os planos para a VOLTA da marca à F1 após 60 anos

Podcast #091 - Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Rossi fala sobre expectativa de estreia com Petronas em “ano normal”

Artigo anterior

MotoGP: Rossi fala sobre expectativa de estreia com Petronas em “ano normal”

Próximo artigo

MotoGP: Aprilia revela moto para 2021 e confirma dupla de pilotos

MotoGP: Aprilia revela moto para 2021 e confirma dupla de pilotos
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Guilherme Longo