MotoGP
14 ago
Evento encerrado
21 ago
Evento encerrado
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
Canceled
15 out
Próximo evento em
24 dias
R
GP de Aragón
16 out
Próximo evento em
25 dias
R
GP de Teruel
23 out
Próximo evento em
32 dias
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
46 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
53 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
60 dias

Rossi mostra desânimo ao testar motor da Yamaha para 2019

compartilhar
comentários
Rossi mostra desânimo ao testar motor da Yamaha para 2019
Por:
, Writer

Valentino Rossi revelou que já testou a nova versão de motor da Yamaha para a temporada de 2019 da MotoGP e que ficou pouco impressionado.

O piloto italiano falou sobre isso após terminar em oitavo no GP de Aragón, corrida que marcou a oficialização do maior jejum de vitórias da Yamaha em toda sua história na categoria.

Depois de ter indicado que o perfil do motor pode contribuir com os atuais problemas, ele afirmou que ficou desanimado ao descobrir que a versão inicial do motor do ano que vem não era muito diferente.

“Testei a primeira edição do motor de 2019, sim”, disse Rossi. “Mas acho e espero que não seja a versão final, apenas uma pequena modificação, porque é muito parecido.”

“Espero que eles continuem trabalhando, porque o motor, para mim, é um problema. Eles precisam melhorá-lo.”

Rossi também esclareceu que ele não experimentou outros elementos de 2019 além do motor, o que vai na contramão de uma tendência dos últimos anos.

“O preocupante é que normalmente o teste de Brno era o momento em que experimentávamos a M1 do ano que vem, mas nos últimos dois anos isso não aconteceu. Onde está a moto do ano que vem?”

“Infelizmente, nos testes não experimentamos muitas coisas para o ano que vem”

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

No entanto, quando questionado sobre o que ele queria da moto do ano que vem, Rossi insistiu que não é seu trabalho instruir os engenheiros da Yamaha, e sim pontuar os problemas existentes com a M1.

“Meu trabalho não é dizer que preciso do motor V ou modificar o chassi desta forma. O que digo são os problemas.”

“Estamos em um grande problema no casamento dos pneus com a moto, especialmente na parte de trás. Então, é isso que tento explicar, mas a área de trabalho não é só uma para mim. Elas são diferentes – eletrônica, motor, etc.”

“Mas não sei. Eles têm de saber. Eu posso apenas dar o conselho, toda hora digo a mesma coisa.”

Reportagem adicional de Oriol Puigdemont

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Espargaró: Aprilia não deve se enganar por corrida em Aragón

Artigo anterior

Espargaró: Aprilia não deve se enganar por corrida em Aragón

Próximo artigo

25 anos: Barros relembra 1ª vitória brasileira na MotoGP

25 anos: Barros relembra 1ª vitória brasileira na MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Valentino Rossi
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Mark Bremer