MotoGP
02 ago
-
04 ago
Evento encerrado
09 ago
-
11 ago
Evento encerrado
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
13 set
-
15 set
Evento encerrado
R
GP de Aragón
20 set
-
22 set
Próximo evento em
2 dias
R
GP da Tailândia
04 out
-
06 out
Próximo evento em
16 dias
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
30 dias
R
GP da Austrália
25 out
-
27 out
Próximo evento em
37 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
44 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
58 dias

Valentino Rossi diz que motor da Yamaha falhou em Brno por excesso de uso

compartilhar
comentários
Valentino Rossi diz que motor da Yamaha falhou em Brno por excesso de uso
Por:
2 de ago de 2019 17:25

O italiano disse que a falha não é importante porque o motor já estava no fim de sua vida útil

O motor Yamaha de Valentino Rossi apresentou uma falha durante o segundo treino livre para a etapa da República Tcheca de MotoGP. O italiano disse que o problema não teve importância porque o motor era muito velho.

Leia também:

A moto do heptacampeão começou a soltar fumaça quando ele estava em uma volta rápida no circuito de Brno. Rossi então retornou aos boxes da equipe para pegar a moto reserva e continuar melhorando seus tempos na sessão.

Rossi diminuiu a importância do incidente e disse que ele só levou a moto danificada de volta aos boxes após ter identificado que não havia nenhum vazamento de óleo.

“Infelizmente eu tive um problema no motor durante o treino, na moto principal, foi um motor antigo com muitos quilômetros rodados”, disse Rossi. “Eu acho que algo quebrou, mas eu não sei exatamente o que”.

“Eu senti que perdi performance, e quando você consegue ser rápido com a embreagem, geralmente o motor não perde óleo, um momento antes de quebrar”.

“Verifiquei dos dois lados, vi fumaça, tentei ficar no traçado, mas eu não vi nenhum óleo, porque geralmente você tem óleo saindo na corrente e suas botas ficam ensopadas”.

Rossi acrescentou que gerenciar a vida dos pneus será o ponto chave para suas esperanças de ter um resultado forte na República Tcheca.

“O ritmo não estava tão ruim, mas nós precisamos trabalhar bastante porque após algumas voltas os pneus estavam escorregando muito”, disse o italiano. “É muito difícil manter um ritmo constante”.

"Este vai ser o segredo no domingo, tentar ser rápido e especialmente tentar não desgastar o pneu traseiro, porque após três ou quatro voltas já há perdas e isso acontece com todos os compostos de pneus”.

Com a colaboração de Oriol Puigdemont

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
VÍDEOS: Acidentes incríveis marcam dia de MotoGP na República Tcheca

Artigo anterior

VÍDEOS: Acidentes incríveis marcam dia de MotoGP na República Tcheca

Próximo artigo

Márquez: Dovizioso é o piloto a ser batido na República Tcheca

Márquez: Dovizioso é o piloto a ser batido na República Tcheca
Carregar comentários