MotoGP
25 mar
Próximo evento em
22 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed
R
GP das Américas
15 abr
Postponed
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
57 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
71 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
85 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
92 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
106 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
113 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
162 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
176 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
190 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
197 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
211 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
218 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
232 dias
28 out
Próximo evento em
239 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
253 dias

Viñales: "É impossível aproveitar as corridas"

O piloto da Yamaha voltou a protagonizar um domingo para esquecer onde só conseguiu ser o 12º

compartilhar
comentários
Viñales: "É impossível aproveitar as corridas"
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing

Maverick Viñales é o verdadeiro reflexo da situação atravessada pela Yamaha. A fábrica de Iwata está em sua pior sequência sem vitórias na MotoGP e se não conseguir também em Silverstone, daqui duas semanas, igualará a pior sequência de sua história na categoria.

É ainda pior a situação de Viñales, que não sabe o que é vencer desde maio de 2017. Desde então, os problemas se multiplicaram para a cada GP e neste fim de semana, na Áustria, se intensificaram. Os dois pilotos da equipe oficial conquistaram suas piores classificações desde o GP de Valencia de 2007.

Sexto colocado, Valentino Rossi terminou a corrida em Spielberg 14 segundos atrás do vencedor Jorge Lorenzo, enquanto Viñales ficou a 22 segundos, em 12º lugar, um atrás de sua posição no grid de largada.

Leia também:

"Uma corrida pior do que o habitual", resumiu Viñales. "É impossível aproveitar a corrida. Eu não posso forçar e isso não deixa ninguém feliz. Tentei mudar meu estilo de pilotagem, mas foi impossível. Tudo o que podemos fazer é pensar na próxima corrida."

O catalão voltou a protagonizar uma má largada, o que está se tornando uma norma, e novamente voltou a ceder posições.

"Eu não sei o que aconteceu. Na largada a moto parecia não ter potência. Saí como sempre e me ultrapassaram por todos os lados. O problema não é concentração", afirmou.

Pelo menos, neste domingo não repetiram os incidentes com os sensores que o afetaram durante todo o fim de semana.

"Parece que o problema dos sensores foi resolvido, mas a moto não estava na configuração correta. Temos problemas maiores que uns sensores".

Para tentar retomar o voo, a equipe programou um teste em Misano no próximo domingo, onde Viñales tentará encontrar soluções depois de não participar do teste de Brno na segunda-feira passada.

"Mais do que encontrar coisas novas, o importante seria encontrar uma nova configuração", concluiu.

Yamaha confirma Morbidelli e Quartararo em time satélite

Artigo anterior

Yamaha confirma Morbidelli e Quartararo em time satélite

Próximo artigo

Rossi: personalidade e experiência ajudam nas dificuldades

Rossi: personalidade e experiência ajudam nas dificuldades
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Áustria
Sub-evento Pós-corrida
Localização Red Bull Ring
Pilotos Maverick Viñales
Autor Oriol Puigdemont