Viñales reconhece que não esperava ver Rossi tão veloz

Maverick Viñales, vencedor do GP do Catar, revelou surpresa ao ver Valentino Rossi tão veloz durante prova em Losail após dificuldades durante a pré-temporada

Viñales reconhece que não esperava ver Rossi tão veloz
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Race winner Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing, Andrea Dovizioso, Ducati Team
Podium: race winner Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing, third place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team, Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Podium: race winner Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing issing his Yamaha

Maverick Viñales correspondeu à toda expectativa em cima dele e venceu o GP do Catar, realizado no último domingo (26), após superar Andrea Dovizioso em uma batalha acirrada na segunda metade da prova.

Valentino Rossi, que sofreu para acompanhar o ritmo dos ponteiros durante a pré-temporada e os primeiros treinos no Catar, terminou em terceiro, a menos de dois segundos de Viñales e Dovizioso.

O espanhol confessou que ficou surpreso com o rendimento do companheiro de equipe, que largou na décima posição.

“Eu não estava descartando ele de maneira alguma. Sei que Valentino dá algo a mais nos domingos, mas quando vi na placa dos boxes que ele estava próximo, pensei 'não pode ser', revelou.

“Então eu fiquei preocupado que ele pudesse me ultrapassar e eu não pudesse imprimir o meu ritmo. No fim, fiz uma volta em 1min56s baixo e pude abrir boa distância."

“De qualquer forma, Valentino está de parabéns. A pré-temporada foi dura, mas ele conseguiu deixar isso para trás e chegar ao pódio no Catar", acrescentou.

Vitória tira peso dos ombros

Após dominar a pré-temporada, Viñales chegou ao Catar como favorito à vitória. O piloto contou que ficou aliviado ao terminar a corrida no topo, correspondendo ao que se esperava dele.

“Isso tira um peso dos meus ombros", disse. "Liderei todos os testes e cheguei aqui pensando em vencer. Após um TL1 perfeito e toda a pressão, não parecia nada fácil. Mas consegui e me sinto muito feliz, muito satisfeito. Estou motivado para o GP da Argentina", afirmou.

Questionado se a vitória em Losail trazia um gosto melhor do que a vitória em Silverstone no ano passado - a primeira na MotoGP - Viñales respondeu: "A primeira é sempre a primeira, mas estou realmente feliz. Primeira corrida pela Yamaha, pole e vitória", completou.

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

compartilhar
comentários
Zarco se defende após queda: “não é meu estilo ser louco”
Artigo anterior

Zarco se defende após queda: “não é meu estilo ser louco”

Próximo artigo

Iannone: erro no Catar é "primeiro e último" de 2017

Iannone: erro no Catar é "primeiro e último" de 2017
Carregar comentários