Nostalgia

Valentino Rossi revela o momento no qual decidiu se aposentar da MotoGP

Francesca, esposa de Vale, comenta também sobre a paixão que a pequena Giulietta já demonstra pelo mundo da motovelocidade

Valentino Rossi

Em 27 de junho de 2021, Valentino Rossi seguia sendo a grande estrela da MotoGP quando abandonou o GP da Holanda. Estava em Assen, uma pista na qual gostava, e em um momento no qual ele buscava motivos para seguir a aventura.

Era a sua 26ª temporada no Mundial. Viveu a maior parte de sua vida no paddock e, após passar a marca dos 40 anos, tinha consciência de que seu rendimento estava em queda livre. Mas, apesar de deixar a equipe oficial da Yamaha para abrir caminho para um jovem talento, tentava voltar ao topo com a satélite Petronas SRT.

Leia também:

Mas os resultados não vinham. Na última prova antes da pausa de verão, era apenas o 19º no Mundial, tendo como melhor resultado um décimo lugar em Mugello. Muito longe das expectativas que tinha para si próprio. E foi aí quando resolveu parar. Atento aos sinais, o nove vezes campeão, muito supersticioso, recebeu dois sinais seguidos que foram cruciais.

"Foi depois de Assen que realmente decidi parar", disse Rossi ao podcast italiano BSMT. "Na realidade, queria seguir competindo mas, disse a mim mesmo que, sobretudo, precisava seguir sendo competitivo. Não podia vir para acabar em 12º".

"Assen era uma prova importante por ser um dos meus circuitos favoritos. Venci dez vezes ali, então sempre foi como minha casa. E, antes de ir, fui comer com Franci [Francesca Sofia Novello, sua esposa] e ela me disse: 'o café está me fazendo mal, e isso é estranho, porque sempre gostei... Talvez faça um teste de gravidez nos próximos dias'. Disse para ela fazer e fui para Assen".

"Lá, não pensei mais no teste. Estava bem nos treinos, mas na corrida tive uma largada ruim e caí, e em uma curva rápida. Estava disputando com Enea Bastianini, recebi um forte impacto e destruí a moto. E quando estava na brita, pensei: 'bem, se preciso de algum sinal sobre parar ou não...'. Mas imagina quando você fica ao pensar em parar com algo que você faz há 25 anos!".

"E então cheguei em casa e disse 'venha, vamos comer', e ela me disse para subir, então achei que ela teria algo a me dizer. Tudo aconteceu ao mesmo tempo, fiquei sabendo que seria pai no mesmo dia que decidi parar de correr".

Valentino Rossi a raccroché à la fin de la saison 2021.

Photo de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi a raccroché à la fin de la saison 2021.

Mas os sinais do destino não pararam por aí! A pequena Giulietta nasceu no mesmo dia do primeiro GP da temporada 2022 da MotoGP, o primeiro sem Valentino Rossi no grid.

"Valentino viu a corrida com Giulietta nos braços", contou Francesca ao podcast Mamma Dilettante.

Hoje, Giulietta cresce com um pai que segue sendo piloto de carros, mas que curte um calendário menos apertado graças à sua ligação com as provas de endurance. E, quem sabe, ela seja o motivo para termos Valentino de volta ao paddock, já que ela se mostro uma apaixonada por motos como o pai. Nas redes sociais, Vale já compartilhou várias fotos e vídeos da pequena com motos.

 

"É incrível, trouxe isso no DNA", disse Francesca. "Obviamente em casa há motos e capacetes. E ela vai ao rancho [VR46 Motor Ranch, em Tavulla]. Ela vê as provas, os pilotos, vai aos 'briefings' e fica ali sentada, olhando, escutando. Ninguém ensinou isso a ela, é algo que ela já trouxe".

"É certo que, no imaginário coletivo, são os meninos que correm de moto, mas quem sabe não é ela quem será a primeira mulher campeã da história da MotoGP?".

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Norris na RBR? Sainz? Albon e franceses no centro dos rumores da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Ducati não se importa se Márquez vencer com uma moto de 2023
Próximo artigo MotoGP: Gresini revela pintura de 2024 e Marc Márquez faz primeira aparição oficial como piloto Ducati

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil