Porsche Cup : Sincronia é fator fundamental para sucesso das duplas na Endurance

Nas provas de longa duração da Porsche, pilotos titulares da categoria convidam grandes nomes do esporte a motor para dividir seus carros

Porsche Cup : Sincronia é fator fundamental para sucesso das duplas na Endurance

Um dos grandes diferenciais das etapas de Endurance da Porsche Cup é a presença de grandes nomes do automobilismo nacional e mesmo internacional fazendo duplas com os titulares da categoria. Mas, para obter o melhor resultado possível, apenas um nome forte não basta: é preciso também uma boa sincronia entre a dupla para extrair o máximo de performance.

Com provas de longa duração, chegando próximo às três horas, as corridas da Endurance são marcadas por trocas de pilotos e paradas obrigatórias, o que torna fundamental uma boa comunicação entre a dupla, visando traçar estratégias em busca de um bom resultado.

Leia também:

Enzo Elias e Jeff Giassi, a dupla mais jovem do grid da Porsche Endurance, está disputando seu primeiro ano completo como parceiros, após uma primeira parceria nos 500km de Interlagos do ano passado. Neste final de semana, em Goiânia, eles largam da primeira fila. Segundo Elias, a confiança entre os dois pilotos é fundamental.

“É uma das partes mais importantes, essa sinergia com seu companheiro de equipe. Querendo ou não, meu resultado depende dele e vice-versa. Então é fundamental confiar, saber que ele vai entregar o que você precisa”.

“Eu e Jeff somos jovens, temos uma sinergia muito legal um com o outro, o que faz com que tudo fique ainda mais legal. Nos damos bem, sabemos nos comunicar e temos um estilo de pilotagem muito parecido”.

Outra dupla cuja sincronia mostrou resultado foi Georgios Frangulis e Gaetano di Mauro, conquistando uma vaga na segunda fila dos 300km de Goiânia. Para Frangulis, além da confiança, é preciso que ambos os pilotos tenham um estilo de pilotagem complementar.

“Se não tiver uma boa sinergia, é praticamente impossível você conseguir fazer uma corrida boa, consistente, porque a tocada dos dois tem que ser complementar. Não tem como você mudar o ajuste do carro, o pneu vai gastar de uma maneira com a forma que os dois guiam”.

“Então é importante estar alinhado técnica, mas, mais ainda, psicologicamente, para conseguir entender qual é o nosso objetivo, se ele bate com a nossa estratégia, e é muito melhor quando se tem alguém que você pode confiar como eu confio no Gaetano, e que você admira também”.

Sua dupla, Di Mauro, que também corre na Stock Car, ecoou os comentários de Frangulis.

“É 100% fundamental. Você ter uma dupla que consegue aplicar na pista tudo o que combinamos fora dela é o ideal. Todo piloto sonha em ter isso. E eu acho que tenho um grande parceiro, que consegue fazer tudo que eu falo para ele. Temos uma sinergia muito boa. Na conversa do rádio, estratégia, hora de passar, de tirar o pé, enfim, isso é muito importante. Fico muito feliz por estar ao lado dele, uma pessoa que me entrega tudo isso”.

Já para Carlos Renaux, a boa sincronia com seu parceiro, Vitor Baptista, traz resultados muito além de uma boa posição na pista. Retornando à Porsche Cup em 2021 após um período fora, a parceria com Baptista lhe ajuda inclusive na readaptação ao carro.

“Eu e o Vitor temos boa sincronia. Eu estava fora da Cup há algum tempo e voltei agora, na corrida de Interlagos. Então cada entrada tem sido uma evolução”.

“Quando eu voltei, em agosto em Interlagos, foi um mix de alegria com frustração. Eu imaginei que minha readaptação seria mais rápida, mas é um processo. Ter o Vitor ao lado ajuda muito. Ele é um piloto muito experiente, profissional, que dispensa apresentações”.

“Ele passa dicas e informações importantíssimas, e minha evolução toda se deve a ele e ao Jean, meu engenheiro, que me dão um super apoio”.

Confira abaixo a classificação da Porsche Cup em Goiânia:

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #138 – Red Bull não sabe o que fazer contra Mercedes após GP da Turquia?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Porsche Cup: Pilotos destacam papel do calor na prova de Endurance em Goiânia
Artigo anterior

Porsche Cup: Pilotos destacam papel do calor na prova de Endurance em Goiânia

Próximo artigo

F-E: Sette Câmara fala sobre preparação para a próxima temporada

F-E: Sette Câmara fala sobre preparação para a próxima temporada
Carregar comentários