Vivacqua é segundo no Estoril e termina o fim de semana com o maior número de pontos na Porsche Carrera Cup

Piloto luso-brasileiro do carro #10 somou 47 pontos na etapa e entra na briga pelo campeonato. Próxima etapa será em Interlagos

Thiago Vivacqua

Thiago Vivacqua teve mais um bom resultado na segunda prova da etapa de Estoril, em Portugal, da Porsche Carrera Cup, disputada neste domingo (30/6). 

O piloto luso-brasileiro terminou a corrida na segunda posição e, com o resultado, foi o maior pontuador do fim de semana, com 47 pontos. Ele está na quinta colocação do campeonato, agora liderado por Miguel Paludo. 

Leia também:

A próxima etapa da Porsche Carrera Cup será disputada em Interlagos, em São Paulo, em 24 e 25 de agosto. 

Como foi a corrida 

A punição aplicada pelos comissários depois da corrida de sábado mandou Marcos Regadas do oitavo para 11º, com o acréscimo de dez segundos ao seu tempo de prova. Consequentemente, o oitavo posto e o direito de liderar o pelotão no domingo ficou com o carro #888, de Lineu Pires. Miguel Paludo saiu ao seu lado, com Marçal Muller em terceiro. 

Apesar de alguma umidade ainda na pista, os carros largaram normalmente em fila dupla e todos equipados com pneus Michelin para piso seco. 

Pires antecipou a freada e Paludo atacou por fora para liderar. Peter Ferter, Raijan Mascarello e Franco Giaffone também passaram Pires. Já Muller ficou encaixotado atrás do pole e logo estava sob ataque de Christian Hahn. 

Paludo fechou a volta inaugural em primeiro, seguido de Ferter (liderando na Sport), Raijan, Giaffone e Pires. Muller era sexto. Eduardo Menossi liderava na Rookie, com o 15º lugar no geral. 

O safety car então foi ativado para resgate do carro de Israel Salmen, que havia feito contato com o guard rail na freada da curva 1. 

A relargada veio na volta 5 e Paludo tratou de abrir vantagem. Mas o nome da relargada foi Thiago Vivacqua, avançando de oitavo para quarto. E, na volta seguinte, o #10 passou Giaffone para ser terceiro, mesmo balançando seu Porsche na freada da curva 1.  

Mais uma vez, o safety car foi acionado, agora para resgate do carro de Gustavo Farah, batido no fim da reta. O top5 vinha com Paludo, Ferter, Vivacqua, Giaffone e Muller. Ferter era o melhor Sport, enquanto Menossi, em 16º, segurava a dianteira na Rookie. 

A relargada foi dada na abertura da volta 7, novamente com Paludo abrindo. Vivacqua logo passou Ferter, enquanto Muller e Hahn deixaram Giaffone para trás. 

E, mais uma vez, foi necessária a presença do carro de segurança, após contato entre dois competidores na chicane mais lenta do traçado de 4.182m. 

A nova relargada veio na volta 11, com menos de três minutos restando na contagem regressiva de 25 minutos para início da volta final. Paludo abriu gap sobre Vivacqua, que precisou se defender de Ferter. Logo atrás, Muller e Hahn vinham emparelhados por quase meia volta e chegaram a se esfregar, até que o #26 cruzou a chicane, passando o #544 por fora do traçado. Muller então tentou atacar para retomar o quarto posto na freada da curva 1, mas Hahn trancou a porta com autoridade. 

Na volta final, o carro de segurança precisou ser lançado mais uma vez. Assim, Paludo venceu pelo décimo ano consecutivo, seguido por Vivacqua, Ferter (vencendo na Sport), Hahn e Muller. Em 13º, Menossi venceu na Rookie. Outro destaque da corrida foi Werner Neugebauer, terminando em nono depois de escalar 22 posições. 

"Estou muito contente com os dois pódios em Portugal, uma pista que considero a minha casa. A sequência de quatro pódios e uma vitória em duas etapas me coloca na briga pelo campeonato e estou cada vez mais confiante com o carro e adaptado à categoria. Quero agradecer todo o time da Porsche Cup pelo ótimo trabalho no fim de semana e aos meus patrocinadores por acreditarem no projeto." 

Foi a terceira vez que Vivacqua foi ao pódio no Estoril, já que também conseguiu isso andando de GT Open, em 2019. Agora, com o resultado, ele se posiciona melhor na briga pelo campeonato. 

Max vs Lando: de quem é a culpa? Verstappen é sujo ou Norris peca? Christian Fittipaldi e Vitor Genz analisam GP da Áustria de F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #288 – A McLaren realmente chegou? Briatore arrumará Alpine com motores Mercedes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Porsche Cup: Avaliações dos comissários alteram resultados e vitória na Challenge fica com Brasil
Próximo artigo Muller vai ao pódio na Porsche Cup no Estoril e segue na disputa pelo título

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil