Stock Series Interlagos

Stock Series - Bartz mostra confiança em nova mudança na carreira: “sei o que esperar”

Piloto que foi um dos destaques da F4 Brasil em 2022 inicia nova experiência a partir deste final de semana em Interlagos

Felipe Barrichello Bartz

Felipe Barrichello Bartz inicia uma nova jornada em sua carreira no fim de semana em Interlagos. O autódromo mais importante do automobilismo brasileiro recebe a primeira etapa da Stock Series, a principal categoria de acesso à Stock Car.

O sobrinho de Rubens Barrichello, de apenas 17 anos, vem de uma temporada na F4 Brasil em que foi um dos grandes destaques, com duas vitórias, cinco pódios e a quarta colocação na tabela, após ter uma maior experiência no kart.

Leia também:

Para 2023, uma nova guinada, tendo que encarar um novo campeonato em um carro completamente diferente com o que estava acostumado. O competidor que representará a W2/ProGP falou com exclusividade ao Motorsport.com e demonstrou confiança no desafio.

“Acho que vai ser um ano de grande mudança, como no ano passado”, disse ‘Pipe’. “Em 2022, fomos do kart para um fórmula e agora do fórmula para o carro. Eu sei o que esperar, do que preciso fazer para me adaptar rápido e para estar competitivo já no começo do campeonato.”

Mesmo com tamanha mudança, Bartz não descarta um retorno aos monopostos: “Creio que qualquer coisa ainda pode ser uma possibilidade, podemos ainda voltar ao monoposto, continuar no Turismo dentro ou fora do Brasil ou até mesmo um fórmula fora do Brasil, mas o objetivo mesmo é continuar progredindo na carreira, correndo e conseguir viver disso [profissionalmente].”

Mesmo sendo sobrinho de Rubens Barrichello, atual campeão da Stock Car e um dos brasileiros mais importantes da Fórmula 1, Pipe tem como um de seus principais ídolos, a lenda da NASCAR, Jeff Gordon. Novamente ostentando o numeral #24 em homenagem ao tetracampeão da Cup Series, ele falou sobre a alegria de estar em um carro mais parecido com o qual o norte-americano teve que lidar em sua carreira.

“O mundo em que eu estou ainda é bem diferente do que o dele, mas, ao correr este ano na Stock Series, faz com que aumente as chances de um dia de eu ir para a NASCAR e só de pensar nesta possibilidade, me traz muita alegria em poder seguir os passos do meu ídolo”, concluiu.

Bronca de Hamilton com Mercedes: como cockpit adiantado atrapalha heptacampeão na F1 2023

Ouça o podcast Motorsport.com, que debate se Galvão faz falta no momento atual da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Stock Series: Saiba quem é quem para a temporada 2023
Próximo artigo Robe lidera treino e Tomaselli se destaca na Stock Series em Interlagos

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil