Cimed terá time único com quatro carros em 2017, diz chefe

William Lube garante que Felipe Fraga continua em ‘super equipe’ sem hierarquia de prioridades

Cimed terá time único com quatro carros em 2017, diz chefe
Felipe Fraga no pódio em Curitiba
Gomes e Fraga
Felipe Fraga comemora pole em Curitiba
Felipe Fraga em Curitiba
Pódio corrida 1
Felipe Fraga e o cheque de 1 Milhão
Felipe Fraga
Felipe Fraga e Rubens Barrichello
Felipe Fraga comemora vitória em Interlagos

Após o anúncio de Cacá Bueno e Marcos Gomes na equipe Cimed para o ano que vem, ocorrido antes da Corrida do Milhão, em Interlagos, muito se especula sobre o futuro do tocantinense Felipe Fraga na Stock Car.

Atualmente líder do campeonato, o piloto de 21 anos ficou sem lugar momentaneamente no ano que vem após a mudança de time de seu mentor Cacá Bueno. No entanto, o chefe da equipe Cimed, William Lube, garantiu ao Motorsport.com nesta sexta-feira (4) que no ano que vem terá Fraga em sua equipe, que terá uma estrutura com quatro carros.

“Ele (Fraga) está no meu time no ano que vem”, disse.

Questionado se a Cimed pensava fazer como a Eurofarma RC, que adicionou o carro de Daniel Serra a seu time atual, Lube falou: “Vamos fazer um pouquinho melhor que a Eurofarma, vamos ter quatro carros da Cimed.”

“Já trabalhei com duas equipes assim, desta maneira. Vamos tentar fazer os times funcionarem como se fossem um só, sem ter A e B e colocar peças mais novas em um carro e menos no outro. Vamos tentar fazer algo igual para todos.”

Para ter mais dois carros, a Cimed deverá adquirir outra equipe do grid atual da Stock Car.

Fraga “monstro”

Lube encheu seu pupilo Fraga de elogios. Para o chefe da Cimed Racing, com a confiança atual, o piloto tocantinense é imbatível.

“Nós conversamos bastante. No ano passado, ele andava mais que o carro permitia e isso acarretava alguns erros, especialmente em classificação”, falou.

“Se você for ver, depois do acidente grave que ele sofreu, em Curitiba no ano passado, ele foi o piloto que mais marcou pontos aqui na Stock Car. Ele está mais calmo, menos ansioso e por isso consegue fazer um trabalho melhor. Ele classifica melhor e chegando na corrida com um carro confortável, é um monstro.”

“Quando ele senta no carro com confiança como tem feito, é imbatível. Largando da frente, ele está muito bem.”

“Este é um trabalho que estamos dando continuidade. No automobilismo sempre vemos isso, de as coisas estarem dando 100% certo, e tudo está fluindo para o Felipe agora. Ele está fazendo um trabalho espetacular.” 

compartilhar
comentários
Nunes supera Camilo e fecha sexta na frente em Goiânia

Artigo anterior

Nunes supera Camilo e fecha sexta na frente em Goiânia

Próximo artigo

Salles relembra grave acidente na Argentina dez anos depois

Salles relembra grave acidente na Argentina dez anos depois
Carregar comentários