Vencedor, Cacá lamenta punição em Curitiba: “estaria mais perto”

Pentacampeão não desiste de campeonato após segunda vitória do ano em Tarumã e vê dever cumprido pelo time

Vencedor, Cacá lamenta punição em Curitiba: “estaria mais perto”
Cacá Bueno em Tarumã
Cacá Bueno em Curitiba
Cacá Bueno
Cacá Bueno
Gomes e Fraga
Marcos Gomes e Cacá Bueno

O carioca Cacá Bueno fez uma etapa inteligente neste domingo (8) no circuito de Tarumã (RS). A 11ª etapa da Stock Car marcou sua segunda vitória na temporada. Cacá foi o nono colocado na corrida 1 e superou o piloto da terra, Vitor Genz, na corrida 2 para ser o vencedor e se manter vivo no campeonato.

O piloto da Red Bull agora tem 31 pontos de desvantagem para Marcos Gomes e tem de ir atrás da vitória em Interlagos para conquistar o hexacampeonato e torcer por um problema com Gomes, já que o piloto da Voxx precisa de apenas um 12º para assegurar o título.

“Ficamos aliviados com a vitória. Sabemos da nossa competência”, iniciou ao MOTORSPORT.COM.

Ele ressaltou que a punição aplicada em Curitiba por ter chamado os comissários da CBA de “bando de imbecis” em Ribeirão Preto acabou ferindo suas chances de campeonato. “Marquinhos fez um trabalho magnífico o ano todo, mas sabemos porque estamos nesta situação. Não corremos duas provas e esta é a grande diferença. Poderíamos estar a cinco ou seis pontos do líder. Poderia entrar em Interlagos dependendo só de mim mesmo.”

“É mais um ano de dever cumprido. São duas vitórias, com pódios, muitos top-5 e mais uma vez disputando o título até a última etapa.”

Cacá ainda confia no taco: “estou feliz. Vamos ver em Interlagos. Por que não posso ganhar mais uma em um lugar em que já ganhei outras provas? Marquinhos hoje chegou em 12º, isso pode voltar a acontecer. Vamos primeiro fazer o nosso trabalho e depois contar com a sorte”.

Perguntado pelo MOTORSPORT.COM como é sentir esta pressão de defender a liderança na última prova, Bueno diz que sabe como explorar isso em Gomes. “Meu primeiro título veio depois de três vices seguidos, então sei bastante como é esta sensação. Mas hoje estou escolado, com cinco títulos e quatro vices.”

“Aprendi a me controlar, a perder e sempre manter a calma. Hoje me mantive calmo, porque hoje minha vontade era sair dando push, chegar em sexto ou sétimo na primeira.” 

compartilhar
comentários
Apesar de vitória, Khodair lamenta não ter chances de título
Artigo anterior

Apesar de vitória, Khodair lamenta não ter chances de título

Próximo artigo

Lucas Foresti é pego em antidoping na Stock Car em Curitiba

Lucas Foresti é pego em antidoping na Stock Car em Curitiba
Carregar comentários